quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Yamaha chega a 3 milhões de motos fabricadas no Brasi

O primeiro modelo montado aqui foi a RD 50, com motor dois-tempos.
Fonte: Fenabrave.
Primeira fabricante de motocicletas a se instalar no Brasil, a Yamaha está atingindo a marca de 3 milhões de unidades produzidas. Automotive Business chegou a esse total na última semana, a partir de arquivos da fábrica e da Abraciclo, entidade que reúne fabricantes instaladas em Manaus. A Yamaha começou a produzir em 1974 em sua unidade de Guarulhos (SP), na Rodovia Presidente Dutra.
O primeiro modelo montado aqui foi a RD 50 (moto azul nas fotos), com motor dois-tempos. Desde 1985, a empresa fabrica suas motos no Polo Industrial de Manaus. A capacidade instalada atual é de 400 mil motos por ano. A empresa ocupa um terreno de 491,2 mil metros quadrados e tem cerca de 125 mil m² de área construída. Aproximadamente 40 empresas locais fornecem componentes à Yamaha.

Embora seja a segunda colocada no Brasil e esteja distante da terceira, a Yamaha vem perdendo participação de mercado. Há cinco anos tinha mais de 13% do mercado e fechará 2012 com 10,5%. A produção anual (que inclui exportações) caiu ainda mais. Em 2008, o melhor ano para a Yamaha, ela montou 328.524 unidades. Em 2011, o melhor para o mercado brasileiro, ela fabricou aqui 275.354 unidades.
O volume de 2012 será de aproximadamente 155 mil unidades, resultando em queda de mais de 40% na comparação com o ano passado. A retração estimada para a produção de todo o setor é de 20%. Além de enfrentar a queda de vendas pela falta de crédito aos consumidores, a Yamaha padece também por não ter uma moto de 150 cc. Todas as suas concorrentes instaladas em Manaus têm pelo menos um modelo dessa cilindrada

sábado, 22 de dezembro de 2012

CBM homologa Moto 1000 GP como Campeonato Brasileiro de Motovelocidade

Terceira temporada do campeonato mais veloz da modalidade no Brasil passará a valer títulos nacionais com chancela oficial.
Fonte: Grelak comunicação.A Confederação Brasileira de Motociclismo confirmou nesta quinta-feira (20) a homologação do Moto 1000 GP como novo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A partir de terceira temporada de sua existência, em 2013, a competição mais veloz da motovelocidade colocará em disputa o título nacional de suas cinco categorias – além das já existentes GP 1000, GP Light, GP 600 e GP Máster, o evento incorporará uma nova série de cilindrada menor.
A homologação da CBM – e, por extensão, da Federação Internacional de Motociclismo – resulta em benefício direto aos pilotos. “Com essa chancela oficial da CBM e da FIM, os nossos pilotos poderão ser reconhecidos como campeões brasileiros, isso vai credenciá-los a qualquer prova internacional. Essa homologação acontece em um momento importante, de crescimento do Moto 1000 GP e de reconstrução da CBM”, apontou Scudeler.

O presidente da Confederação Brasileira, Firmo Alves, justifica a decisão de converter o Moto 1000 GP em Campeonato Brasileiro de Motovelocidade pelos aspectos positivos das duas primeiras temporadas do evento. “O nome e o formato serão mantidos, mas o evento assume uma identidade maior. Tenho certeza de que a equipe do Gilson vai zelar pelo Campeonato Brasileiro com a mesma competência com que tem zelado pelo Moto 1000 GP”, avalizou.
A CBM passa a responder por todos os trâmites desportivos inerentes ao Moto 1000 GP. “A Confederação vai dar todo o suporte à parte desportiva, o que vai conferir uma isenção ainda maior ao Moto 1000 GP. Essas questões, a partir de agora, serão tratadas no âmbito da CBM e, por extensão, da FIM, e a CBM é a única representante da Federação Internacional no Brasil. O Moto 1000 GP terá uma credibilidade desportiva ainda maior”, indicou.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Motofretistas ignoram Contran e não procuram curso de qualificação

Curso de transporte seguro é obrigatório e fiscalização começa em fevereiro.
Fonte: Agência CNT
A partir de fevereiro de 2013, motofretistas de todo o Brasil deverão contar, no currículo, com um curso de qualificação para poder atuar. A exigência está na Resolução nº 350 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A fiscalização em relação ao curso de transporte seguro começaria em agosto mas, devido à pouca adesão por parte dos profissionais, foi adiada.
Na época, o Contran tomou a decisão para dar mais tempo para a adequação do setor, o que, quatro meses depois, não aconteceu. “A prefeitura fez um convênio conosco para oferecer mil vagas gratuitas e, ainda assim, apenas 200 pessoas nos procuraram até agora. Os motociclistas acham que a fiscalização vai ser prorrogada novamente e, por isso, não estão preocupados”, diz o diretor do Sest Senat de Porto Alegre (RS), Carlos Becker, instituição que oferece o curso de qualificação não apenas no Rio Grande do Sul, mas em diversas unidades de todo o país.
Segundo ele, menos de 15% dos mais de 12 mil motofretistas da capital gaúcha fizeram o curso até agora. “As turmas podiam ter até 30 alunos, mas todas foram realizadas com dez ou 12. O objetivo dessa norma é qualificar o motociclista para que ele seja um profissional tal como o motorista de caminhão ou ônibus, mas eles não enxergam por esse lado”, reforça Becker.

De acordo com o Contran, além do Sest Senat, os cursos podem ser promovidos pelos Detrans, Centros de Formação de Condutores (CFCs) e por entidades de ensino, desde que comprovada a capacidade técnica necessária, de forma presencial ou por ensino à distância (semi-presencial).
Os profissionais que não obtiverem o comprovante de que fizeram o curso, estarão impedidos de continuar com suas atividades.
Com a proximidade do início da fiscalização da nova regra, a demanda pelas aulas tem aumentado em algumas regiões do país. Porém, a procura é ainda insuficiente.
Em Brasília (DF), apenas 30% das vagas nas turmas estão ocupadas e, dos mais de dez mil profissionais, apenas 650 passaram pelas salas de aula do Sest Senat até agora. “Evidentemente não vamos ter como treinar o restante em apenas um mês. Dava pra ter atendido a todos, se eles tivessem nos procurado durante o ano”, explica o coordenador de desenvolvimento profissional do Sest Senat de Brasília, Haroldo Oliveira.

O Contran já garantiu que não pretende prorrogar por mais uma vez a fiscalização sobre o documento que comprova a realização do curso de transporte seguro.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Moto 1000 GP: Alberto Braga fica com a vitória na sétima etapa GP Máster‏

Alberto Braga: campeão da Moto GP1000 Master.
Após domínio da prova, piloto se consagrou campeão na sétima etapa do Moto 1000 GP.
Fonte e foto: Grelak comunicação.
Na categoria GP Máster, que corre junto com a GP 1000, quem fez a festa foi Alberto Braga, que com a melhor colocação dentro de sua categoria, chegou a 136 pontos no total (120 com descartes) e é o campeão.
Elson Tenebra, o segundo colocado na classificação geral, somou 13 pontos na etapa paranaense e somou 88 pontos no geral. Descartando seu pior resultado, Tenebra soma 77 pontos e não conseguirá mais alcançar Alberto Braga.
Na corrida da GP Máster no traçado paranaense, Vitor Braga foi o segundo colocado seguido de Nelson Gonçalves.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Troy Lee Designs Brasil anuncia revendedores autorizados

 Troy Lee trás coleção 2013 para moto e bike  e já nomeia revendedores nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina 
Fonte:Troy Lee Designs Brasil
A chegada da Troy Lee Designs ao Brasil causou alvoroço no mercado de moto e bike. Lojistas de todo o país fizeram questão de participar do lançamento, que aconteceu na última quarta-feira, dia 12, em Siqueira Campos (PR). Seguros do sucesso que ela alcançará no país, os clientes fecharam seus pedidos e receberam das mãos do fundador da marca americana o título de revendedores autorizados.
Os equipamentos de segurança, itens como capacete, calças, camisas e luvas, além da linha casual masculina e feminina, estarão disponíveis no mercado a partir da próxima semana. Enquanto isso não acontece, os fãs da marca podem conhecer os produtos e também localizar onde encontrá-los através do website www.tldbrasil.com.br. Acesse agora mesmo e confira!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Kioman Munoz fecha o Arena Cross com vitória na corrida da Júnior

Jovem piloto contou com o apoio das arquibancadas para confirmar o resultado. 
Fonte: MundoPressKioman Munoz fechou a temporada 2012 do Arena Cross com vitória na prova da categoria Júnior. Correndo em casa, em Goiânia (GO), o jovem piloto patrocinado pela Rinaldi contou com o apoio das arquibancadas para confirmar o resultado na noite deste sábado. Na 50cc, Gabriel Andrigo conquistou o vice-campeonato após a segunda colocação na bateria.
A Rinaldi também foi representada na final por Marcello Lima "Ratinho", nono e oitavo colocado nas corridas da MXPró, e Bernardo Zappeline (oitavo lugar na 50cc). O público compareceu em peso e fez barulho em favor dos pilotos locais. “Na última volta da corrida, parecia que a arquibancada ia cair. Eu escutei alto os gritos do público e isso me deu muita força”, contou Kioman Munoz, que largou em terceiro mas assumiu a ponta logo na primeira volta, administrando até o final.

O gaúcho Gabriel Andrigo chegou perto da vitória. Largou na frente e liderou grande parte da bateria. Porém, quando faltavam apenas quatro minutos, sofreu uma queda que custou o título. Foi para a quinta colocação e ainda conseguiu arrancar o segundo lugar. “Fiquei bem triste, fiz os melhores tempos dos treinos livres e dos cronometrados e vinha tendo uma boa prova. Agora vou me preparar ainda mais para o ano que vem”, garantiu.
Sem compromissos de resultado nas corridas da MXPro, já que uma lesão o tirou da briga pelo título, Marcello Ratinho ficou satisfeito com o desempenho. “Tive dificuldades com a pista durante os treinos, mas nas baterias consegui me soltar mais. Tenho melhorado o ritmo de prova a cada evento e vou dar continuidade no trabalho para 2013”, concluiu.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Honda PCX 150. Finalmente algo realmente novo no mundo das Scooters

Scooter é equipado com mordomias urbanas como câmbio automático e porta-malas, e inclui ainda o inédito sistema inteligente que desliga o motor quando parado no trânsito.
Fonte: Estado de MinasVai chegar ao mercado nacional em abril de 2013 o scooter Honda PCX 150, produzido em Manaus, Amazonas, equipado com sistema que leva o pomposo nome Idling Stop System, traduzido simploriamente como o popular pare e siga. Já presente em automóveis modernos, o sistema desliga o motor quando parado sem qualquer aceleração por mais de três segundos, religando automática e imediatamente quando o piloto gira o acelerador. Situação muito comum no trânsito intenso das grandes cidades, seu hábitat, repletas de semáfaros, e situações de pare e siga. O dispositivo, além de economizar combustível, provoca um positivo e desejado efeito colateral, reduzindo as emissões de poluentes.
O novo PCX 150 é o segundo scooter na linha Honda Brasil, depois do Lead 110, porém, equipado com motor convencional. No mercado europeu, onde o uso dos scooters é bastante difundido, o PCX 150 e seu irmão PCX 125 disputam a liderança no segmento. No Brasil, as opções e modelos são restritos, mas, por sua praticidade urbana, agilidade e facilidade de pilotagem, o scooter vai conquistando o consumidor nacional, embora o preço, exatamente por falta de uma maior escala comercial, ainda seja uma poderosa barreira. Exatamente o fator ainda não definido pela Honda, apesar do status de nacional do novo scooter.

 O motor do PCX 150 tem um cilindro de 153cm³, equipado com duas válvulas, injeção eletrônica e refrigeração líquida, que fornece 13,6cv a 8.500rpm e torque de 1,43kgfm a 5.250rpm. Entretanto, a estrela é o sistema inteligente que desliga o motor, ou, popularmente, o faz morrer. Depois de parado por três segundos, o processador entende que o piloto está em um sinal de trânsito, por exemplo, e desativa o propulsor. Nesse instante, acontece uma operação inversa, preparando o motor para ser religado imediatamente. Um descompressor automático entra em operação, ao mesmo tempo em que um motorzinho elétrico reposiciona o pistão para que fique no ponto exato e mais favorável para entrar imediatamente em funcionamento.
O resultado é tão suave que o piloto menos atento pode nem perceber a operação, quando o motor desliga e liga sozinho. Entretanto, uma luz no painel monitora a função, que também pode ser desligada, por meio de controle no guidão. Porém, segundo a montadora, o modelo europeu equipado com o mesmo sistema atingiu a marca de 44,6km/l, aferidos pelas normas do World Motorcycle Test Cycle (WMTC). O modelo brasileiro, em função dos ajustes para consumir nosso combustível batizado com etanol, vai apresentar índices diferentes, embora também positivos, assim como a benéfica redução nas emissões de poluentes, pelo simples fato de ficar parte do tempo desligado.

 Para aumentar a eficiência do motor, a montadora reduziu os índices de atrito das partes internas móveis usando materiais de última geração. O PCX 150 tem os requisitos básicos dos scooters tradicionais, como a partida elétrica e câmbio automático do tipo continuamente variável, para facilitar a pilotagem no dia a dia dos centros urbanos. Também conta com um útil porta-malas sob o banco, que comporta um capacete fechado e um porta-luvas no escudo dianteiro. Entretanto, a parte central elevada, como uma espécie de túnel, dificulta o embarque e desembarque, situação corriqueira nos deslocamentos urbanos, especialmente para o público feminino, deixando a posição de pilotagem ligeiramente mais parecida com a das motocicletas.

O painel tem o velocímetro analógico em destaque, além de mostrador do nível de combustível e as luzes de advertência, incluindo o sistema pare e siga. Falta, porém, o relógio de horas. O conjunto óptico dianteiro domina toda a frente, conferindo volume ao scooter, que tem visual inspirado na sport touring VFR 1200. O tanque comporta 5,9 litros e o quadro tem tubos de aço em sua estrutura. O freio dianteiro é a disco, com 220mm de diâmetro, mas o traseiro é a tambor, com 130mm. 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Harley-Davidson desembarca em Fortaleza-CE e inaugura sua primeira concessionária no Nordeste

A Newroad Harley-Davidson, em Fortaleza, faz parte do calendário de inaugurações oficiais da marca neste ano e torna-se a 12ª concessionária Harley-Davidson do Brasil .
Fonte: Print press
A Harley-Davidson inaugura oficialmente sua primeira concessionária na região Nordeste, a Newroad Harley-Davidson, em Fortaleza, Ceará. Localizada no bairro de Meireles, a concessionária foi desenvolvida dentro dos padrões mundiais da marca e busca oferecer uma experiência premium aos clientes da região.
“A cidade de Fortaleza, assim como todo o Nordeste, é um dos grandes pólos consumidores do mercado de duas rodas no Brasil. A região vem apresentando um crescimento econômico maior que a média brasileira, o que a torna um mercado potencial para as motocicletas premium. Queremos oferecer aos clientes e fãs locais um ponto de encontro para trocarem experiências e fazerem novas amizades”, afirma Longino Morawski, diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.

A concessionária oferece uma infraestrutura completa aos clientes e visitantes, que inclui oficina, showroom de novas motocicletas e loja de MotorClothes® e acessórios. A Newroad Harley-Davidson conta com cerca de 20 colaboradores diretos e seis indiretos, porém, a ideia é aumentar esse quadro em um curto espaço de tempo.

A Newroad Harley-Davidson pertence ao Grupo Newland, fundado em 1992 e que atua no setor automotivo desde então, representando diversas marcas em Fortaleza e Juazeiro do Norte, no Ceará; Teresina, no Piauí; e Brasília, no Distrito Federal. “Nosso grupo sempre teve um espírito pioneiro e empreendedor. Por isso, estamos muito felizes por ser a primeira concessionária Harley-Davidson na região Nordeste. Trabalhar com essa marca centenária, que reúne paixão, fidelidade e estilo de vida, tem sido uma experiência fantástica e o mercado de Fortaleza e região tem muito potencial”, afirma Ronaldo Munhoz, sócio do Grupo Newland.

Além dos serviços de vendas e pós-vendas, a concessionária, assim como todas as outras que operam no Brasil, é um local para encontro dos motociclistas e um espaço de eventos do H.O.G. (Harley Owners Group), o clube exclusivo de proprietários de motocicletas Harley-Davidson, que já conta com mais de 13.000 membros no País.
Serviço:
Newroad Harley-Davidson
Avenida Senador Virgílio Távora, 554, Meireles, Fortaleza – CE
Telefone: 85 3133-4750

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Triumph se estabelece como fabricante local

Marca inglesa começa operação de vendas dia 10/11 em São Paulo, com Big Trail Tiger 800XC.
Fonte: Fenabrave
A fabricante inglesa de motos Triumph já tem uma subsidiária no Brasil. Na próxima semana, o diretor mundial de marketing e vendas da marca, Paul Stroud, falará sobre investimentos no País, construção de fábrica no Amazonas, geração de empregos e outros detalhes. A subsidiária local contratou como gerente-geral Marcelo Silva, que atuou na Toyota e na área de automóveis da BMW.
A Triumph começou a montar em um galpão alugado em Manaus a Tiger 800XC, motocicleta todo terreno com motor de três cilindros e 94 cv. A partir de 10 de novembro, esta e outras motos da marca estarão à venda na Triple Triumph, concessionária instalada na cidade de São Paulo na Avenida Juscelino Kubitschek, 360.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Salão da Motocicleta 2012 promove diversos concursos culturais



Seis concursos culturais já estão sendo realizados por meio do site do Salão, entre eles “O melhor mecânico do Brasil”
A 3ª edição do Salão da Motocicleta está com diversas atrações. Além de uma programação completa, o Salão ainda promove uma série de concursos culturais abertos ao público por meio de seu site,www.salaodamotocicleta.com.br. São eles: Concurso Interfaculdades – “Yamaha Busca Talentos”; Bike Show no Salão da Motocicleta; Concurso o Melhor Mecânico do Brasil; A camiseta mais bonita dos motoclubes; A moto mais irada dos motoclubes; e a Motofoto que tem a cara do Salão.
Um dos destaques será o Bike Show, no qual será avaliada a melhor moto customizada do Brasil. Por meio de seus profissionais, oficinas de personalização de motos de todo o país poderão mostrar suas habilidades e criatividade. As 10 melhores motos escolhidas estarão em exposição no evento, em um espaço exclusivo para as máquinas customizadas.

Já o “Melhor Mecânico do Brasil”, devido ao seu grande sucesso na edição de 2010 do Salão, ganhou sua segunda edição. Promovido pela organização do evento em parceria com a escola GAETA Cursos Técnicos, premiará este ano os três melhores profissionais do mercado. Os mecânicos realizarão provas teóricas e práticas durante os dias do evento e serão avaliados por uma comissão técnica especializada.

As fichas de inscrições e os regulamentos oficiais dos concursos podem ser conferidos no site do Salão, www.salaodamotocicleta.com.br.
O Salão da Motocicleta 2012 ocorrerá de 6 a 11 de novembro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, e reunirá cerca de 200 empresas do setor como Yamaha Motores do Brasil, Honda Monte Leone, XMotos, Mobil e outras líderes do setor. A entrada tem valor a partir de R$ 20,00, para um adulto, para compra realizada nos pontos de vendas autorizados. Estudantes e crianças entre 5 e 12 anos pagam um valor especial, a partir de R$ 10,00, também nos pontos de vendas. Menores de 5 anos e maiores de 65 anos, acompanhados, têm entrada livre.

Serviço:
Salão da Motocicleta 2012
Data: 6 a 11 de novembro
Local: Centro de Exposições Imigrantes
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – a 850 metros da estação de metrô Jabaquara – São Paulo/SP
Horários de visitação:
Terça-feira (06/11) – 14h às 21h – Entrada permitida somente para ingresso visitante VIP
Quarta a Sexta-feira (07/11 a 09/11) – das 13h às 21h
Sábado (10/11) – das 10h às 21h
Domingo (11/11) – das 10h às 19h

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

ARENA CROSS - Indaiatuba marca a metade do campeonato


Cidade do interior de São Paulo recebe a 3ª etapa da competição dia 27 de outubro

A pouco mais de uma semana para os motores do Arena Cross voltarem a se aquecer para mais um desafio da temporada da 2012, a cidade de Indaiatuba no interior de São Paulo, também se prepara para voltar a sediar uma etapa do campeonato no dia 27 de outubro.
Escolhida a dedo pela organização para receber as provas no Estado, o município disputou a vaga com outras importantes cidades do interior, como Americana, Araraquara e Ribeirão Preto, sucesso de público em todas as edições do campeonato.
Por cinco vezes a cidade foi palco das disputas, ficando de fora somente em 2011. Este ano, o evento é válido pela 3ª etapa da temporada, que marca também sua metade, faltando somente mais duas provas para as cinco categorias - MX Pró, MX2, Júnior, 65cc e 50cc - conhecerem seus campeões.

"Fazer uma prova em Indaiatuba é fazer um evento em casa. A cidade já conhece o Arena Cross e sempre nos prestigia com arquibancadas lotadas. Tem uma localização ótima para toda a organização e equipes, e muitos fãs do Motocross já conhecem este roteiro por tantas outras competições que já realizamos aqui, inclusive o GP Brasil de Motocross. Ao lado de Capitais como Curitiba (PR), Brasília (DF) e Goiânia (GO), e a litorânea Balneário Camboriú (SC), que também integram nosso calendário, Indaiatuba não deixa a desejar em nada", avalia o presidente da Romagnolli Promoções e Eventos, Carlos Romagnolli.

A mega estrutura de pista, arquibancadas e HC Vip já começa a ser vista por quem passa próximo a Rodovia Santos Dumont na cidade. A previsão é para que até a próxima quinta-feira (25) todo o circo esteja montado.
O campeonato chega disputado, principalmente na categoria de acesso MX2, onde apenas 06 pontos separa o 1º do 4º colocado. Difícil está para os competidores da MX Pró, categoria principal, alcançarem o inglês Adam Chatfield, líder do campeonato com 72 pontos, 11 a frente do 2º colocado. Chatfield, que corre também por Indaiatuba, onde sua equipe tem sede, já acumula duas vitórias, um 2º e um 3º lugar até o momento, uma vez que a MX Pró corre duas baterias em cada etapa.

Muita emoção ainda está por vir no interior paulista e os ingressos para assistir às disputas devem ser adquiridos antecipadamente, em troca de dois quilos de arroz ou feijão, nas lojas Prolink, informadas no site oficial do Arena Cross - http://www.arenacross.com.br/ingressos.aspx.
Os alimentos arrecadados serão destinados à Prefeitura Municipal do Município, que os encaminhará às entidades beneficentes.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Salão da Motocicleta divulga pontos de vendas de ingressos

Basta acessar o site do Salão para localizar o ponto de venda 
A lista com todos os pontos de vendas de ingressos para o Salão da Motocicleta 2012, o único evento exclusivo de motos no país, já está disponível no site www.salaodamotocicleta.com.br.
São 18 locais disponíveis para adquirir o ingresso, entre as cidades de São Paulo (SP), São Caetano do Sul (SP), Caraguatatuba (SP), São Roque (SP), Piracicaba (SP), Ibiúna (SP), Piedade (SP) e Belo Horizonte (MG).
O valor do ingresso é a partir de R$ 20,00, para um adulto. Estudantes e crianças entre 5 e 12 anos pagam um valor especial, a partir de R$ 10,00, também nos pontos de vendas. Menores de 5 anos e maiores de 65 anos, acompanhados, têm entrada livre. As concessionárias credenciadas Honda, Yamaha e Kawasaki estão com preços exclusivos.
O Salão da Motocicleta 2012 ocorrerá de 6 a 11 de novembro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, e reunirá cerca de 200 empresas do setor.

Serviço
Salão da Motocicleta 2012
Data: 6 a 11 de novembro
Local: Centro de Exposições Imigrantes
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – a 850 metros da estação de metrô Jabaquara – São Paulo/SP

Horários de visitação:
Terça-feira (06/11) – 14h às 21h – Entrada permitida somente para ingresso visitante VIP
Quarta a Sexta-feira (07/11 a 09/11) – das 13h às 21h
Sábado (10/11) – das 10h às 21h
Domingo (11/11) – das 10h às 19h

Ingressos:
Valores exclusivos para os pontos de vendas – válido para entrada entre os dias 07 e 11 de novembro de 2012:
Adulto (maiores de 12 anos) – R$ 20,00
Crianças (de 5 a 12 anos) – R$ 10,00

Valores para compra pela internet (www.salaodamotocicleta.com.br) – válido para entrada entre os dias 07 e 11 de novembro de 2012:
Adulto (maiores de 12 anos) – R$ 30,00
Crianças (de 5 a 12 anos) – R$ 15,00
Estudante (com apresentação de comprovante) – R$ 15,00

Valores para compra direto na bilheteria do Centro de Exposições Imigrantes – válido para entrada entre os dias 07 e 11 de novembro de 2012:
Adulto (maiores de 12 anos) – R$ 30,00
Crianças (de 5 a 12 anos) – R$ 15,00
Estudante (com apresentação de comprovante) – R$ 15,00
Ingresso Família (pai, mãe e filhos até 15 anos) – R$ 60,00
Grupos (lote com 20 ingressos válido para um acesso entre os dias 07 e 11 de novembro) – R$350,00

Ingresso VIP – válido para visita exclusiva no dia 06 de novembro de 2012:
Visitante VIP – R$ 100,00

O Salão na Web:
www.salaodamotocicleta.com.br
www.facebook.com.br/salaodamotocicleta
www.twitter.com.br/salaodamoto
www.pinterest.com/salaodamoto
Mais Informações pelos telefones:
(11) 3873-0818
(11) 2066-8555

sábado, 22 de setembro de 2012

Nordeste comemora vendas

Nordeste comemora vendas
Montadoras, motopeças, concessionárias e quem sobrevive do setor de duas rodas comemoram bons números. 
Segundo dados publicados recentemente, a região nordestina puxou alta das vendas seguida pela sudeste. São Paulo, o estado com a maior frota do Brasil também passa por bom momento em relação às vendas. 

A indústria brasileira de motos bateu marca histórica de 20 milhões de unidades produzidas no país. Boa parte dessas motocicletas está no Nordeste e em São Paulo. Isso se deve a aceleração das vendas de motos no país a partir de 2004 atingindo excelente resultado agora, em 2012. Além da precariedade dos serviços públicos de transporte e facilidades que os governos deram para o financiamento, como o federal através do Banco Central, que liberou soma alta de recursos para esse fim.

O Nordeste brasileiro, antes ignorado pela maioria das montadoras, agora é a menina dos olhos de qualquer executivo com intenções de vender motos no país. Facilidades na instalação de fábricas, redução de impostos e outros benefícios colaboram para o crescimento. Porém, São Paulo ainda detém a maior frota, as maiores negociações e praticamente todas as empresas do setor. Por muito tempo, o estado paulista ainda será referência no setor motociclístico.

Dados mostram que, de 2005 a 2010 a participação do Nordeste nas vendas de motos no Brasil cresceu quase 15 pontos percentuais, passando de 20,3% para 34,2%. Já o Sudeste mostrou desaceleração no volume de negócios de 39,8% em 2005 para 34,1%, porém dessa porcentagem, mais da metade do volume de venda concentra–se apenas em São Paulo, dando ao estado a primazia de vendas de moto no Brasil.

Setor motociclístico do país tende a subir
Devido ao grande número de montadoras atualmente presentes no Brasil e novos negócios, a indústria da motocicleta é uma das que mais emprega e gera rendas para os brasileiros. Isso se dá ao incrível potencial de crescimento. Em 2011, o setor quebrou todos os recordes de produção. Em 2012, números significativos continuam aparecendo e crescendo cada vez mais, com excelentes projeções para os anos posteriores. Prova disso é a vinda de montadoras que até então fechavam os olhos para investimentos em terras tupiniquins. A BMW, Triumph e outras de peso já anunciaram instalação de fábricas no parque industrial do Amazonas. Montadoras chinesas e indianas também já sinalizaram investimentos para os próximos anos.

sábado, 8 de setembro de 2012

Harley-Davidson promove ação social durante o Rio Harley Days 2012

Vai participar do Rio Harley 2012? Um quilo de alimento não perecível dá direito a 50% de desconto e ainda ajuda Crianças carentes.
O maior evento internacional da Harley-Davidson aberto ao público no Brasil e na América Latina fechou uma parceria com a Associação Saúde Criança. Todos aqueles que doarem 1kg de alimento não perecível ou uma lata de leite em pó terão 50% de desconto na compra de ingressos do Rio Harley Days.

A Associação Saúde Criança trabalha para reestruturar e promover o autossustento de famílias em risco social, com crianças provenientes de unidades públicas de saúde. A metodologia desta organização social já inspirou 23 instituições. Atualmente, conta com 12 franqueadas no Brasil e possui um escritório em Nova Iorque, o Brazil Child Health.
“O universo Harley-Davidson é fundamentado em atributos como independência, amizade e irmandade, portanto, nada mais apropriado do que nós, os fãs e clientes da marca contribuirmos para uma causa tão nobre e justa, como a da Associação Saúde Criança”, afirma Júlio Vitti, gerente de Marketing, Produtos e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.
Na edição do ano passado do Rio Harley Days, foram arrecadados cinco toneladas de alimentos para a Associação Saúde Criança.

Programado para ocorrer entre os dias 14 e 16 de setembro, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, o Rio Harley Days 2012 terá várias atividades programadas para entreter os diversos tipos de público que visitarão o local, como test rides, concurso de modelos customizados, atividades infantis, área especial para os membros do HOG, loja de acessórios e MotorClothes®, shows musicais, demonstração especial de manobras, além, é claro, do tradicional desfile de motos, que ocorrerá no domingo de manhã.

sábado, 1 de setembro de 2012

Moto Honda da Amazônia atinge a marca de dois milhões de motos flex produzidas

Pioneira na produção de motos bicombustíveis no mundo, aproximadamente 60% das vendas totais da Honda correspondem a motos flex.
A Moto Honda da Amazônia acaba de atingir um marco muito importante. Hoje (31/08), foi comemorada em sua fábrica, em Manaus, a produção da moto flex de número dois milhões. O volume de produção foi alcançado apenas três anos após o início da comercialização dos modelos flex pela Honda. Em 2009, a empresa foi pioneira ao lançar a CG 150 Titan Mix, primeira moto flex do mundo.
Desde então a Honda vem ampliando ano a ano a sua linha de motos bicombustíveis. Hoje são 4 modelos flex, a NXR 150 Bros, a CG 150 Fan e a Biz 125, além da CG 150 Titan, que juntos representam aproximadamente 60% das vendas da empresa. Apenas em 2012 mais de 470 mil motocicletas flex já foram comercializadas.

Segundo Issao Mizoguchi, presidente da Moto Honda da Amazônia, “atingir a marca de dois milhões de motos flex produzidas é o sucesso de um projeto que iniciamos há mais de seis anos, com o desenvolvimento da CG 150 Titan Mix. O lançamento foi uma importante inovação tecnológica no segmento, que contribui para a redução de emissões, compromisso global da marca. Além disso, proporciona aos motociclistas liberdade de escolha do combustível, de acordo com o melhor custo benefício”. Issao lembra ainda que o uso de combustíveis alternativos para motocicletas não é novidade para a Honda, que na década de 80 produziu motos movidas exclusivamente a etanol.

O motor flex para motos foi desenvolvido especialmente para atender a demanda do mercado brasileiro, atualmente 4º maior em vendas dentre aqueles onde a Honda atua. O projeto, desenvolvido no Japão com participação de engenheiros brasileiros, também teve como objetivo o desenvolvimento de um motor com o menor impacto possível ao meio ambiente, dada a natureza renovável do etanol e a sua disponibilidade no país. O objetivo foi alcançado e o motor flex desenvolvido pela Honda libera 10% menos monóxido de carbono que o motor movido apenas à gasolina.
Com o sucesso da tecnologia e ótima aceitação dos consumidores brasileiros, a expectativa da empresa é ampliar a linha de modelos nacionais bicombustíveis nos próximos anos.

sábado, 25 de agosto de 2012

Roubos de Motocicletas: DNA Dot quer inibir ações de criminosos.

Apesar da retração do mercado, crimes permanecem em alta.
Segundo dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), o mercado de motocicletas apresentou uma queda de 17% no período de janeiro a julho, em relação ao mesmo período de 2011. Em contrapartida, a quantidade de roubos e furtos permanece em alta no setor.

De acordo com estatísticas da Polícia Militar, em todo o Estado de São Paulo cerca de 110 motos são roubadas todos os dias, número que cresce sobretudo entre os modelos de maior cilindrada.
Atraídos pelo bom asfalto, os motociclistas recorrem às rodovias para um passeio de fim de semana e são surpreendidos por quadrilhas especializadas nesse tipo de crime, que vem engordando as estatísticas. No caso das motocicletas premium, o alto valor e a raridade de suas peças é o que mais atrai os criminosos e impulsiona essa crescente onda de roubos.

Segundo a Divisão de Furtos e Roubos de Veículos e Cargas (Divecar), do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), o destino da maioria desses veículos são os desmanches.

De olho neste cenário, a DNA Security – empresa do Grupo DEKRA especialista em marcação de peças para o mercado automotivo – comercializa um sistema baseado na nanotecnologia que incide sobre um dos maiores motivadores de roubos e furtos de motocicletas no Brasil: a venda ilegal de peças.

O DNA Dot consiste na aplicação de até 7.000 micropontos em mais de 50 partes do veículo, o que torna sua remoção praticamente impossível. Cada um deles traz informações únicas sobre o bem marcado. Assim, a ferramenta reduz drasticamente a abordagem dos criminosos. “Quem rouba e furta motocicletas sabe que uma peça identificada é uma peça perdida, pois sua comercialização se torna economicamente inviável no mercado paralelo”, avalia Rosana Correia, gerente Comercial & Marketing do Grupo DEKRA Brasil.

Nos últimos anos, mais de 2.500 motos foram marcadas com os micropontos. Em uma média entre motos de alta e baixa cilindrada, esta quantidade representa cerca de R$ 17 milhões de bens protegidos pelo sistema da DNA Security. “Além disso, fazer um seguro para moto é muito caro e nem todos os proprietários podem arcar com esse custo. O DNA DOT tem o diferencial de ser uma opção de proteção a custo acessível”, completa Rosana.

O sistema é aplicado em forma de spray e garante a rastreabilidade do objeto marcado em qualquer parte do mundo. A identificação do legítimo proprietário é rápida, já que é feita por meio de um banco de dados disponível na internet. “Assim, o DNA Dot é uma ferramenta eficaz para inibir o roubo e inviabilizar a venda de peças no mercado clandestino. Além disso, os micropontos são invisíveis a olho nu, o que permite a marcação das peças mantendo sua originalidade”, conclui a executiva.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Yamaha lança a primeira moto com tecnologia flex da categoria

Yamaha Fazer 250 Blue Flex. Uma inovação ou mais uma motinha flexível em tempo de Etanol caro?
A Yamaha começa a divulgar nesta semana o lançamento da primeira   moto com a tecnologia flex da categoria, a Fazer 250BlueFlex, com publicidade criada pela Loducca. A campanha contará com comerciais, merchandising no programa Pânico na BAND, anúncios em revistas, materiais de PDV e ações na internet e nas redes sociais da marca.
  O conceito principal da campanha é Fazer 250 BlueFlex “A moto que une tudo o que você queria.”. Todas as peças têm como objetivo reforçar a tecnologia e a qualidade Yamaha, seu design exclusivo, desempenho, conforto e diversão que a moto pode oferecer, além, é claro, do grande diferencial do motor flex, que só a Yamaha oferece.
O comercial, que começou a ser veiculado na última sexta-feira, 10, na TV aberta, apresenta um motociclista em sua Fazer 250BlueFlex, passeando em diferentes cenários, conquistando tudo o que gostaria. Com cerca de quinze dias de pós-produção, o filme foi realizado em sua maior parte em estúdio, com cenas filmadas em fundo Chroma Key. Já as cenas de rua foram filmadas em uma “câmera car”, acoplada em um veículo para reproduzir a visão das paisagens exatamente como se estivesse sobre uma moto.
A criação é de Renata El Dib e Thiago Bocatto, com direção de criação de Cássio Moron e Fábio Saboya e Direção Geral de Guga Ketzer.

Rally dos Sertões:Felipe Zanol vence primeira etapa do

Mineiro provou porque é apontado como favorito ao título do maior rali do país. Primeira etapa foi realizada neste domingo, dia 19, entre São Luís e Barreirinhas (MA).Felipe Zanol provou na primeira etapa do Rally dos Sertões porque é favorito ao título na categoria principal, a Super Production. O mineiro superou todos os adversários e carimbou a vitória neste domingo, dia 19, após percorrer 365 km, entre São Luís e Barreirinhas (MA), em 2h43min44seg.
“A prova foi bastante complicada, o sol, a areia fofa e a navegação exigiram demais dos participantes. Eu cheguei a me perder e no final preferi diminuir o ritmo para não correr o risco de ficar sem gasolina. Apesar de todas as dificuldades, fiquei feliz com meu desempenho”, explica.
O evento segue amanhã com um total de 514 quilômetros, entre Barreirinhas e Bacabal (MA). A navegação por GPS nas dunas promete marcar a corrida. O trajeto também contará com longas retas e belas paisagens. O desafio deve ser ainda maior.
“Me sinto bem fisicamente, vou aproveitar minha energia para marcar bem a planilha, pois amanhã será ainda mais difícil. Vou abrir a especial e a navegação por GPS deve complicar tudo, mas me sinto confiante, espero continuar na frente”, afirma o piloto patrocinado pela Rinaldi.

Além de Zanol, mais três pilotos de motocicleta representam a Rinaldi no maior rali do país. Ramon Sacilotti disputa a mesma categoria e encerrou o dia em quinto lugar. Gregorio Caselani foi o quarto colocado na Production Aberta. Já Moara Sacilotti terminou a Over 45 na quinta posição.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Test ride será uma das grandes atrações do Rio Harley Days 2012

Durante os três dias de evento, os visitantes poderão testar seus modelos   dos sonhos dentre um portfólio de 15 motocicletas disponíveis. 

O Rio Harley Days 2012, evento internacional da Harley-Davidson que celebra o motociclismo e o estilo de vida sobre duas rodas, terá atrações ainda melhores para o público presente. O encontro, sucesso de público no ano passado, ocorrerá entre os dias 14 e 16 de setembro, novamente na Marina da Glória, na cidade do Rio de Janeiro.
Uma das atividades que prometem chamar mais atenção dos visitantes e amantes da Harley-Davidson é o test ride, quando o público terá a oportunidade de conhecer de perto e testar as motocicletas da marca, autênticos sonhos de consumo para muitas pessoas.

“Entre os principais requisitos que um cliente busca em uma motocicleta estão ergonomia, prazer ao pilotar e segurança. Testar e conhecer na prática sua futura moto é fundamental para a escolha correta. Exatamente isso que ofereceremos durante o Rio Harley Day, a possibilidade de senti-la e observá-la para que avalie os pontos que ele leva mais em consideração na hora da decisão. Além disso, se o cliente quiser poderá comprar sua máquina lá mesmo no evento”, adianta Júlio Vitti, gerente de Marketing, Produtos e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.

Para fazer o teste, o visitante deve ter habilitação para pilotar motocicleta, possuir uma moto acima de 600 cc e estar trajado com calça e sapato fechado. Após preencher um cadastro, o participante receberá instruções sobre o modelo que será testado e o percurso do test ride, além dos materiais para pilotagem, como capacete, luvas e jaqueta.
Os test rides ocorrerão no sábado, dia 15 de setembro, das 10h às 17h, e no domingo, dia 16 de setembro, após o grande Parade de motos, terminando também às 17h. Na edição 2011 do Rio Harley Days, foram realizados cerca de 250 test rides com as motocicletas da marca.

Serviço – Rio Harley Days 2012
Quando: De 14 a 16 de setembro
Horário: das 18h à 0h (sexta-feira), das 10h às 1h (sábado) e das 10h às 20h (domingo)
Local: Marina da Glória - Rua Infante Dom Henrique, s/n, Glória, Rio de Janeiro, RJ
Ingressos: à venda na Tickets for Fun (www.ticketsforfun.com.br), televendas (11 4003-5588) e postos de venda e nas concessionárias da marca em todo o Brasil
Mais informações em: www.rioharleydays.com

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

ARENA CROSS - Arena Cross bate recorde de pilotos em nova temporada


Clique na imagem para fazer o Donwload...Mais de 110 pilotos participam da 14ª temporada que começa neste sábado (04), em Curitiba (PR).
Iniciando sua 14ª temporada neste sábado (04), no Bio Parque de Curitiba (PR), o Arena Cross bate um novo recorde na participação de pilotos nas cinco categorias - 50cc, 65cc, Júnior, MX2 e MX Pró.
Com exceção das categorias MX Pró e 50cc, as demais terão dois grupos para as sessões de treinos livres e classificatórios. Ao todo, foram contabilizados mais de 110 pilotos que participarão da competição, em busca dos títulos do Arena Cross.

Além do número significativo, o nível técnico dos pilotos e das pistas também vem se destacando nos eventos promovidos pela Romagnolli Promoções e Eventos. Pilotos de pelo menos 18 Estados e onze estrangeiros completam o gate que baixa pela primeira vez neste sábado.
"Vejo a abertura do Arena Cross com muita expectativa. As grandes estrelas da MX1 e da MX2 estarão na pista e acredito que este tem tudo para ser o campeonato mais disputado e técnico dos últimos anos. Imaginem estas feras todas juntas em uma pista de 500 metros. Será emocionante. Não dá para apostar em um favorito", revela Carlos Romagnolli, presidente da Romagnolli Promoções e eventos, sobre o circuito onde pilotos brasileiros como Leandro Silva, Dudu Lima, Hector Assunção, Jean Ramos, Wellington Garcia, Rafael Faria, entre outros, disputarão cada curva e salto com os estrangeiros.

Com os ingressos esgotados ainda no início da semana, Romagnolli aguarda na arena montada no Bio Parque da Capital mais de 6 mil amantes do Motocross nas arquibancadas. "É maravilhoso finalmente realizarmos uma etapa do Arena Cross em Curitiba. É uma grande cidade, com um público apaixonado pelo esporte e berço de grandes pilotos", finaliza.
A programação começa a partir das 13h00 com as sessões dos treinos livres e na sequência, às 16h35 os treinos classificatórios. A abertura oficial da etapa está prevista para às 19h20 e às 19h45 as provas que dão início as disputas do ano.

Confira a programação completa (extra-oficial):

Treinos livres
13h00 - MX2 Grupo A
13h20 - MX2 Grupo B
13h40 - 50cc
14h00 - 65cc Grupo A
14h20 - 65cc Grupo B
14h40 - Júnior Grupo A
15h00 - Júnior Grupo B
15h20 - MX Pró

Classificatórios
16h35 - MX2 Grupo A
16h50 - MX2 Grupo B
17h05 - 50cc
17h20 - 65cc Grupo A
17h35 - 65cc Grupo B
17h50 - Júnior Grupo A
18h05 - Júnior Grupo B
18h20 - MX Pró

Provas
19h45 - 50cc
20h05 - 65cc
20h30 - Júnior
20h55 - 1ª bateria MX Pró
21h20 - MX2
22h00 - 2ª bateria MX Pró

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Rinaldi apresenta novidades no Salão das Motopeças

Empresa de destaque no mercado nacional de pneus mostra, em primeira mão, cinco novas medidas das linhas RT 36, HB 37 e BS 32. Evento acontece entre os dias 1° e 4 de agosto, em São Paulo.
Atenta as necessidades dos consumidores, a Rinaldi chega a sétima edição do Salão das Motopeças com cinco novidades para apresentar ao mercado. O evento acontece entre os dias 1° e 4 de agosto, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo (SP), e irá reunir mais de 100 empresas do segmento.

Para motos Trail, a marca de destaque no mercado nacional de pneus lança mais duas medidas do modelo RT 36, são elas: 110/90-17, traseira, e 90/90-19, dianteira. O produto é conhecido por oferecer excelente tração e desempenho em diferentes tipos de terreno, sendo ideal para quem trafega por localidades urbanas e rurais.

Já os donos de motocicletas das categorias Scooter e CUB passam a contar com duas novas opções do HB 37. As dimensões 90/90-12, dianteira, e 100/90-10, traseira, dispensam o uso de câmara de ar. Por fim, a medida traseira 3.50-16 complementa a linha BS 32 para motos Custom. Ambos os modelos apresentam alta durabilidade, estabilidade e segurança.
“As novidades serão apresentadas em primeira mão no Salão das Motopeças, devendo chegar ao mercado nos próximos meses. Além delas, os visitantes também terão acesso aos demais itens do catálogo. São várias opções para atender as mais diversas necessidades”, afirma o gerente comercial, Sergio De Paris.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Harley-Davidson apresenta suas motos para forças armadas e policiais produzidas no Brasil na 12ª edição da Interseg

Road King Police e Electra Glide Police são os modelos utilizados pelos  departamentos de polícia e órgãos de segurança pública em mais de 45 países

A Harley-Davidson traz para a Interseg – 12ª Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos para Segurança Pública, toda a sua tradição como uma empresa que fornece veículos para forças armadas e policiais no mundo inteiro há mais de 100 anos para servir e proteger.
Nesta edição, a empresa apresenta seus modelos Road King® Police e Electra Glide® Police, agora montados na nova unidade industrial da Harley-Davidson, em Manaus (AM). Essas motocicletas foram projetadas e construídas exclusivamente para as forças policiais e militares para o uso em escoltas, patrulhamento rodoviário e ronda ostensiva.

“Queremos mostrar a todos os participantes da Interseg a qualidade, durabilidade e eficiência de nossos produtos e como eles podem ser úteis no cumprimento das tarefas de segurança. Além disso, o fato de agora montarmos essas motocicletas em nossa planta em Manaus é uma prova da confiabilidade da operação brasileira em produzir modelos de qualidade global”, ressalta Longino Morawski, diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.


A Road King Police conta com transmissão de seis velocidades Six-Speed Cruise Drive®, suspensão traseira e assento com regulagem ajustável a ar. A motocicleta possui rodas exclusivas com talões de retenção reforçados, projetados para assegurar que os pneus permaneçam no aro mesmo que ocorra perda repentina de pressão, além de acelerador eletrônico sem cabos, estilo Fly-By-Wire, e freios Brembo® com ABS. O modelo oferece o menor custo de manutenção por quilômetro rodado do mercado.

Um destaque da Road King Police é a tecnologia EITMS (Engine Idle Temperature Management System), que desativa o cilindro traseiro da motocicleta durante longas paradas, o que ajuda na refrigeração do motor. O modelo conta com injeção sequencial de combustível, 1.700 cilindradas de potência, torque de 138 N.m, autonomia média de 400 km, garantia de dois anos sem limite de quilometragem e transmissão por correia dentada, proporcionando menos manutenção, maior durabilidade e conforto

O modelo Electra Glide Police apresenta uma carenagem tipo asa de morcego montada no garfo, com um visual dominante e possibilitando um nível maior de proteção contra o vento e intempéries para o motociclista. O grupo de instrumentos - estilo painel - oferece velocímetro, tacômetro, indicador de combustível, voltímetro e local específico para acoplamento do rádio comunicador. O modelo conta com motor Twin Cam 103™ de 1.700 cilindradas, que gera potência e desempenho sustentados pela injeção eletrônica de combustível por portas sequenciais.

A Electra Glide Police possui ainda alforjes/bolsas laterais estilo segurança pública, exclusivas da Harley-Davidson, com travas especiais que possibilitam acesso fácil ao motociclista mesmo sentado na motocicleta; assento individual a ar ajustável; dois espelhos de “imagem real” de haste longa e para-brisa de Lexan® destacável, projetado para se soltar com mínimo esforço durante um impacto.

Todos os modelos foram concebidos para proporcionar o elevado nível de desempenho exigido na função policial e dar a confiança para enfrentar qualquer situação. As motocicletas são a definição de excelência com a qual o policial ganha o respeito e a simpatia da comunidade que protege.
O estande da Harley-Davidson na Interseg fica em uma área de 70 m2 onde serão exibidos um modelo Electra Glide® Police, além de duas versões da motocicleta Road King® Police, sendo uma delas, uma das primeiras unidades produzidas no Brasil para a Polícia Militar de São Paulo, 2º Batalhão de Choque, destinada às missões de escolta de autoridades e dignatários.

Atualmente, a Harley-Davidson fornece motocicletas para mais de 3.700 departamentos de polícia e órgãos de segurança pública em mais de 45 países.

No Brasil, são utilizadas por:
- Exército Brasileiro: Polícia do Exército e Batalhão de Guardas desde os anos 1940
- Marinha do Brasil: Corpo de Fuzileiros Navais desde os anos 1940
- Força Aérea Brasileira: Polícia Aeronáutica desde os anos 2000
- Polícia Rodoviária Federal desde 1928
- Polícia Militar de São Paulo e Bombeiro Militar desde os anos 1930
- Polícia Militar do Paraná desde os anos 2000
- Polícia Militar do Rio Grande do Sul desde os anos 2000
- Polícia Militar do Rio de Janeiro desde os anos 2000

Serviço:
Harley-Davidson na 12ª Interseg
Quando: De 22 a 24 de julho de 2012
Onde: Transamérica Expo Center – Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo, SP
Estande H-D: Rua C – áreas C15 e D16
Horário: dia 22, das 18h às 21h30 / dia 23, das 9h às 18h30 / dia 24, das 9h às 18h30

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Dudu Lima é campeão da Superliga Brasil de Motocross

Piloto paulista encerrou a temporada conquistando duas vitórias e garantiu o título na categoria MX2. Última etapa da competição aconteceu neste fim de semana, dias 14 e 15, em Penha (SC)

A categoria MX2 da Superliga Brasil de Motocross tem um novo campeão. Dudu Lima dominou a última etapa da competição, vencendo as duas baterias, e garantiu o título inédito em seu currículo. O evento aconteceu neste fim de semana, dias 14 e 15, no Parque Beto Carrero World, em Penha (SC).
Três atletas concorriam a taça. Dudu era o segundo colocado na tabela, com seis pontos a menos que o líder. Apesar de a expectativa ser de belas disputas entre os ponteiros, Dudu foi o grande destaque e não deu chances aos adversários.

“Finalmente saiu o grito de ‘é campeão’. Estou muito contente com o resultado, foi um ano difícil, tive uma lesão que acabou prejudicando meu desempenho em algumas provas, mas felizmente consegui me superar e encerrei o campeonato no lugar mais alto do pódio”, comemora.
Dudu aproveitou para agradecer aos que estiveram ao seu lado nesta conquista. “Minha família, namorada, amigos, fãs e patrocinadores fazem parte deste título. Sou grato pela força e suporte de todos, sem vocês eu jamais chegaria até aqui”, finaliza o atleta Rinaldi.

Ratinho Lima, irmão de Dudu, também representa a Rinaldi na Superliga Brasil de Motocross, mas na categoria MX Pró. O competidor foi o oitavo colocado na primeira bateria e o sétimo na prova seguinte, encerrando a temporada com a sétima posição na classificação.
“Infelizmente não tive a pré-temporada que eu esperava e isso acabou refletindo nas competições. O nível dos eventos nacionais está muito alto, mas venho trabalhando bastante para crescer e alcançar o pódio", explica.

Agora, Dudu e Ratinho se focam na disputa do Campeonato Brasileiro de Motocross. Dudu está motivado a conquistar o segundo título na temporada. A sexta etapa acontece no próximo fim de semana, dias 21 e 22, em Aracaju (SE). Mais informações no site da Confederação Brasileira de Motociclismo: www.cbm.esp.br.

Classificação final:
MX Pró
1) Carlos Campano – 285 pontos
2) Adam Chatfield - 246 pontos
3) Jorge Balbi - 227 pontos
4) Wellington Garcia - 186 pontos
5) Leandro Silva – 175 pontos
7) Marcello "Ratinho" Lima - 148 pontos.

MX2
1) Dudu Lima - 260 pontos.
2) Hector Assunção - 256 pontos
3) Thales Vilardi - 246 pontos
4) Rafael Faria - 231 pontos
5) Anderson Amaral - 150 pontos

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Honda relança Biz 100, de olho nas chinesas

Modelo vem para completar a categoria Family e busca atrair os iniciantes de duas rodas. Mas vem sem injeção eletrônica.

Produzido em Manaus (AM), o modelo foi desenvolvido para atender os jovens iniciantes no segmento de duas rodas, bem como reforçar a participação do público feminino neste segmento. Assim como o modelo Pop 100, a Biz 100 chega para oferecer mais uma opção de motocicleta acessível de baixa manutenção, versátil e com visual diferenciado.

Entre seus principais atributos está o design moderno, com traços em harmonia e totalmente inspirados na linha Biz 125. Outro diferencial é o motor OHC 97,1 cilindradas, que garante confiabilidade bom desempenho e excelente economia nos grandes centros urbanos. Completando o conjunto, estão os freios a tambor tanto na dianteira quanto na traseira, e o chassi, o tradicional monobloco em aço. Simples e confiável, oferece ótima resistência a impactos, além de garantir excelente alinhamento entre a parte ciclística e mecânica.
A Biz 100 é equipada com o compacto motor OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos e arrefecido a ar. Com 97,1 cm3, o propulsor gera respostas rápidas e bom desempenho, alcançando potência máxima de 6,43 cv a 7.000 rpm, e torque de 0,71 kgf.m a 4.000 rpm.
A alimentação é feita por carburador com 15,9 mm de diâmetro de venturi, e a ignição é do tipo CDI (ignição por descarga capacitiva). Além disso, a motocicleta recebe um moderno sistema de catalisador. O dispositivo reduz a emissão de gases poluentes à atmosfera, fazendo com que a motocicleta atenda, em níveis bem baixo, aos índices de emissão (CO/HC/NOX), estabelecidos pelo Promot 3 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).

A motocicleta apresenta câmbio semi-automático de 4 marchas do tipo rotativo. A embreagem é do tipo centrífuga, e que permite engates precisos e suaves. Além disso, a Biz 100 é econômica e apresenta boa autonomia devido ao tanque de 5,5 litros (1,5 litros para reserva).
Para proporcionar boa dirigibilidade, estabilidade e segurança, o modelo é equipado com rodas de 17 polegadas na dianteira e 14 na traseira. Tudo isso aliadas aos pneus tipo 60/100 -17M/C 33L (dianteira) e 80/100 14M/C REINF 49L (traseiro).
Disponível nas cores preta, vermelha (versões KS e ES) e rosa metálico (apenas versão ES), a Biz 100 2013 está nas concessionárias Honda a partir de julho, e tem previsão de vendas com mais de 40 mil unidades em 2012. Seu preço público sugerido é de R$ 4.710,00 para versão KS, e R$ 5.290,00 para versão ES ( os valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro). A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Rinaldi amplia investimento no motociclismo com novo patrocínio no Nordeste

Equipe Lucena, de Caruaru, Pernambuco, é a nova aposta da marca de pneus na região. Além de buscar desenvolver seus itens com a parceria, a empresa também tem como objetivo fomentar o esporte e o mercado local


A Rinaldi, empresa nacional de maior destaque na fabricação de pneus e câmaras de ar, amplia cada vez mais seus investimentos no motociclismo, pois acredita ser este o caminho para a evolução do seu catálogo de produtos. Dezenas de eventos esportivos e pilotos recebem o patrocínio da marca; e o número segue aumentando.
Uma das últimas equipes a firmar apoio com a Rinaldi é a Lucena, de Caruaru, Pernambuco. Serginho Filho, Laninha Lopes, Alan Lucena e Alex Lucena são referência no Nordeste pela quantidade de títulos que somam nas modalidades de motocross e velocross. Além de buscar desenvolver seus itens com a parceria, a empresa também tem como objetivo fomentar o esporte e o mercado regional. 


“As pistas são verdadeiros laboratórios para o aprimoramento de antigos itens e lançamentos de novos produtos, sejam eles para o uso on ou off road, e os atletas são fundamentais neste processo. O Brasil é um país grande e nossa intenção é estar presente em cada canto, não apenas comercializando, mas ainda contribuindo com o desenvolvimento local”, afirma o gerente comercial, Sergio De Paris. 
Os pilotos tiveram a oportunidade de testar todas as linhas de pneus da Rinaldi e elegeram a SR 39 como favorita, por sua excelente aderência ao solo e maior durabilidade. Desde que passaram a utilizar o novo equipamento nas competições, o rendimento evoluiu notavelmente. Todos comemoram o progresso no desempenho e a oportunidade de representar a marca.


“Estamos muito felizes, este apoio é um grande reconhecimento do nosso trabalho e também do crescimento do motociclismo na região Nordeste. Utilizar os pneus Rinaldi é uma satisfação para todos nós. Sabemos que um bom atleta não é nada sem um bom equipamento. Já vínhamos conquistando resultados expressivos, mas, agora, estamos muito melhores”, afirma Laninha. 
A Equipe Lucena surgiu no início desta temporada, mas seus pilotos já faziam história antes disso. Em 2012, eles disputam os campeonatos Pernambucano, Mineiro, Alagoano e Paraibano de Motocross, o Pernambucano de Velocross, Arena Nordeste, além de algumas etapas do Brasileiro e Superliga Brasil de Motocross. Mais informações no blog: http://www.equipelucena.blogspot.com.br.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Harley-Davidson marca presença em Campos do Jordão

Marca estará presente no Festival de Inverno da cidade serrana
com um estande repleto de estilo e personalidade
A Harley-Davidson participará, pela primeira vez, do Festival de Inverno de Campos do Jordão, uma das cidades mais charmosas do Estado de São Paulo. Em sua 43ª edição, o festival, que vai de 30 de junho a 29 de julho de 2012, já se tornou um dos eventos mais famosos e aguardados do País.

“Para nós da Harley-Davidson é muito importante participar deste festival, que reúne milhares de pessoas durante todo o mês de julho. Queremos convidar o público presente neste importante evento para visitar o nosso estande, conhecer nossas motocicletas, autênticos sinônimos de liberdade, além de nossa linha de MotorClothes® e General Merchandise. Preparamos um ambiente que traduz com perfeição os atributos de nossa marca, como independência e irmandade”, afirma Longino Morawski, diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.

O estande da Harley-Davidson, localizado no badalado bairro de Capivari, conta com mais de 700 m2 e dois pavimentos, decorados com o autêntico estilo Harley-Davidson. Lá dentro, os visitantes poderão conferir o portfólio 2012 completo de motocicletas da marca. Ao todo, são 19 modelos expostos, inclusive os mais recentes lançamentos, como a Fat Bob, Switchback, V-Rod 10th Anniversary Edition, Street Glide e muitas outras.
Todos que forem ao estande da Harley-Davidson em Campos do Jordão ainda poderão conhecer e adquirir uma linha completa de roupas e acessórios da marca em uma loja exclusiva, além de relaxar e curtir bons momentos com amigos no lounge café, bar e restaurante montados ali.

Serviço:
Temporada de Inverno Harley-Davidson em Campos do Jordão
Quando: De 23 de junho a 05 de agosto
Onde: Estande Harley-Davidson – Avenida Emílio Ribas, 542 – Capivari - Campos do Jordão – SP
Horário: Segunda a quarta-feira, das 10 às 19h / Quinta-feira, das 9h às 20h / Sexta e sábado, das 9h às 22h / Domingo, das 9h às 19h

quarta-feira, 20 de junho de 2012

SUPERLIGA DE MX - Com casa cheia, Superliga ajuda comunidade em Brasília



Alimentos arrecadados com o sucesso de público no DF vai para entidade beneficente
SÃO PAULO - Não só de disputas emocionantes foi marcada a 5ª etapa da Superliga Brasil de Motocross, realizada no final de semana (16 e 17) na cidade satélite de Águas Claras, em Brasília (DF). Fora das pistas, uma grande ação social foi realizada em prol da comunidade do Bairro do Areal, que sediou a etapa.

Com a casa cheia, um público de 7 mil pessoas foi contabilizado pela Romagnolli Promoções e Eventos, organizadora da competição, onde pelo menos 5 mil levaram 2 kg de arroz ou feijão que eram trocados pelas entradas para as arquibancadas gerais.

As 10 toneladas de alimentos arrecadados já têm destino certo, vão para a Creche Comunitária Liberdade, que fica na própria comunidade do Areal. "Serão beneficiadas 22 crianças do Areal, filhas de pessoas da comunidade, que as deixam em tempo integral conosco enquanto trabalham. A creche existe há 4 anos e sobrevi de doações feitas através de telemarketing e ajuda de alguns Ministérios. Serão muito bem vindos esses alimentos", comentou o presidente da creche, Reginaldo Oliveira Silva.

Em parceria com a Administração Regional de Águas Claras, foi realizado também duas palestras com aproximadamente 100 crianças, de 11 a 14 anos, da Escola Classe Vila Areal, da Rede Pública de Ensino, sobre como o esporte pode combater e prevenir as drogas. A ação foi vinculada ao programa "Águas Claras sem Drogas", que vem fazendo trabalhos de informação e prevenção na cidade satélite. "O programa Águas Claras tem grande base na importância da prática de esportes. Entendemos que através do esporte, seja de qualquer modalidade, podemos tirar e prevenir crianças e jovens das drogas. Esta região é carente de atividades e buscamos trazemos grandes eventos como a Superliga para dar este exemplo", explica o Administrador regional de Águas Claras, Manoel Carneiro, que afirmou ainda que a pista montada será mantida como incentivo do esporte.

Por onde passa, a Superliga Brasil de Motocross cumpre com sua responsabilidade social, além de gerar renda e trabalho nas cidades que sediam. "A troca de alimentos e todas as ações que realizamos são, sem dúvida, muito importantes e boas para a cidade, mas também não podemos esquecer que o evento gera renda e movimenta a economia. Ganha a rede hoteleira, os comércios e todas as quase 200 pessoas que trabalham direta e indiretamente", enfatiza Carlos Romagnolli, presidente da promotora.

A Superliga Brasil de Motocross é apresentada por Honda e Mobil, tem co-patrocínio Pirelli, Yamaha, Mormaii, Monster Energy e Consórcio Nacional Honda. Apoio do Governo do Distrito Federal, Mundo Tour, Administração Regional de Águas Claras e Revista da Moto!.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Nova Yamaha YZF-R1 2013 chega com gráficos e colorização exclusivas para o Brasil

A Yamaha YZF-R1, que já estava repleta de tecnologias derivadas da campeã YZR-M1 das pistas de MotoGP, agora foi atualizada com mais inovações da Yamaha YZR-M1 do atual líder do mundial de MotoGP.

A maior adição é um inédito Sistema de Controle de Tração (TCS) com sete níveis de atuação – incluindo a posição OFF (desligado), que em conjunto com uma nova configuração da ECU optimizada para a aceleração e controlabilidade em médias e altas velocidades. O sistema de controle de tração controla completamente o sistema FI, o ponto de ignição e a abertura do acelerador (YCC-T).

As funções de TCS somadas aos três níveis de controle de respostas - função D-Mode, proporciona ao piloto 21 diferentes opções disponíveis para se adequar ao tipo de piso e as preferências de condução. A grande variedade de combinações permite que o Sistema de Controle de Tração compense as sutis mudanças da área de contato entre o pneu e o piso.

Outras mudanças influenciadas pela Yamaha M1 do MotoGP incluem uma nova mesa superior mais leve, utilização de elementos em fibra de carbono, além do novo ajuste da pré carga da mola da suspenssão traseira, piscas com lente cristal e lâmpada âmbar, pedaleiras com melhor ergonomia e aderencia a sola do calçado, entre outras.

A R1 2013 recebeu ainda uma nova carenagem superior, melhorando o coeficiente de resistência aérodinamica, com um farol revisado – com mecanismo semelhante ao da Yamaha XT 1200Z Super Ténéré, e estilo mais moderno e agressivo, novas luzes de posição em LED para um olhar mais ameaçador e distinto, e novas tampas em forma de hexágono sobre o silencioso e proteções anti-queimadura.

O chassi Deltabox de alumínio e com um estilo agressivo, trouxe a essa geração da YZF-R1 um olhar novo e radical trazendo tecnologia inovadora para a categoria. Da mesma forma que a antiga geração da YZF-R1 lançou um novo padrão na categoria, a geração atual estabelece um novo marco para a categoria supersporte de 1.000 cc.
O motor

Os engenheiros da Yamaha optaram por soluções mecânicas com características como; alta performance, motor compacto e com virabrequim do tipo crossplane, o que proporciona características de torque excepcionalmente puro e altos níveis de tração. Desta forma, as características do propulsor de torque linear e controlável, constituem a própria essência da YZF-R1.

Dispondo de um motor de 998cc completamente influenciado pelo desenvolvimento da campeã Yamaha YZR-M1, o propulsor de alta tecnologia desenvolve 182 cv a 12.500 RPM. De fato, na sua longa e ilustre história – vide Nasce um Ícone abaixo, o motor da R1 nunca se beneficiou de tanta tecnologia do MotoGP como atualmente.

O motor de 270 ° irregulares - 180 °, 90 °, 180 ° de intervalo, transmite uma sensação mais precisa e imediata de controle sobre a disponibilidade imediata do torque . Além disso, a entrega linear de torque inspira maior confiança, o que faz com que cada virada no punho do acelerador, transmita de maneira vigosa, porém sutil, toda entrega da força ao pneu traseiro. O resultado deste torque proporciona níveis anteriormente inatingíveis de tração nas curvas e de desempenho.

Para acentuar o ganho de performance foram otimizados os sistemas de suspensão e freios e o estilo radical e agressivo que enfatiza a YZF-R1, assim como a concentração das massas.

A Yamaha YZF-R1 2013 tem preço público sugerido, posto Guarulhos, São Paulo, de R$ 61.490,00, nas cores branca, azul ou preta com um ano de garantia de fabrica, sem limite de quilometragem, e chega a Rede Autorizada de Concessionários Yamaha na segunda quinzena de junho.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Sabrina Katana busca outra vitória no Mineiro de Enduro de Regularidade

Líder da categoria Feminina espera manter a posição na tabela e, para isso, irá brigar pela primeira posição na sexta etapa da competição, que acontece neste domingo, dia 17, na cidade de Oliveira-MG.
Sabrina Katana está pronta para encarar a Copa TCMG de Regularidade, válida pela sexta etapa do Campeonato Mineiro de Enduro de Regularidade, que será realizada neste domingo, dia 17, em Oliveira. A atleta de Belo Horizonte lidera a categoria Feminina e promete brigar por mais uma vitória.
"Tenho treinado bastante e acredito estar preparada para mais este desafio. Já disputei algumas corridas na região, conheço bem o terreno e o tipo de equipamento que devo utilizar. Inclusive, já defini os pneus para a disputa, irei correr com o HE 40 na dianteira e o RW 33 na traseira, ambos da Rinaldi”, afirma.
O evento promete reunir os melhores competidores do Estado. Além da classe Feminina, estão em jogo a Master, Sênior, Over I, Over II, Júnior, Over III e Novatos. A largada acontece às 10h30, na Avenida Maracanã, no Centro da cidade. Mais Informações no site do evento (www.tcmg.com.br) ou da Federação Mineira de Motociclismo (www.fmemg.esp.br).

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Felipe Zanol se mantém na ponta da tabela da Copa Pacato de Enduro

 
Piloto mineiro alcançou a segunda posição na quarta etapa da competição, realizada neste domingo, dia 3, em Guararema (SP).
 Felipe Zanol alcançou um segundo lugar na quarta etapa da Copa EFX Pacato de Enduro FIM, disputada neste domingo, dia 3, em Guararema, São Paulo. Com o resultado, o piloto patrocinado pela Rinaldi segue na liderança da categoria principal, a Elite.

“Apesar de quebrar minha sequência de vitórias, estou contente com o desempenho, pois mantive a ponta na tabela. Sigo firme na briga pelo título, agora é se preparar para a próxima”, explica o atleta, que também lidera o Campeonato Brasileiro de Enduro FIM.
As trilhas da cidade do interior paulista reservaram muitos desafios e não agradaram os participantes. Cada uma das três voltas contou com cerca de 50 quilômetros e, desta vez, foram feitos três Enduros Testes, cada um com sete quilômetros.
“Infelizmente, as especiais estavam muito rápidas e perigosas, houve até uma reunião com a organização do final da primeira volta, para fazer algumas alterações. Certamente a prova não estava do estilo que eu gosto de andar,” conclui o mineiro.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Rinaldi realiza ação promocional na terceira etapa do Brasileiro de Motocross

Promotoras da Rinaldi
 Marca que é referência nacional no mercado de pneus irá oferecer toda a sua linha off road com preços e condições especiais. Evento   será realizado nos dias 2 e 3 de junho, em Foz do Iguaçu (PR)
O Campeonato Brasileiro de Motocross segue para Foz do Iguaçu (PR), onde acontece a terceira etapa, nos dias 2 e 3 de junho. A Rinaldi, referência nacional no mercado de pneus, já confirmou sua ação promocional, desta vez em parceria com a PM Pneus Auto Center. Pilotos e público em geral terão acesso a toda linha off road com preços e condições especiais.

“Este é o terceiro ano consecutivo que realizamos esta ação em parceria com a Rinaldi. Sempre tivemos um excelente retorno, desta vez não há de ser diferente, a expectativa é grande. Teremos uma boa estrutura técnica para atendimento no local, produtos de qualidade, além de um bom preço. Quem estiver no evento não pode perder a oportunidade”, afirma o sócio e gerente da PM Pneus, Marcio Garcia.

Patrocinadora oficial do evento, a Rinaldi convida o público amante da modalidade a prestigiar a terceira etapa da competição, conferir a ação promocional e torcer por seus pilotos, que prometem belas disputas para o Motódromo na Prainha de Três Lagoas. Os atletas Duda Parise, Kioman Munoz, Dudu Lima e Ratinho Lima são presenças confirmadas.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Harley-Davidson Iron 883™ é eleita Guidão de Ouro

A 5ª edição do prêmio Guidão de Ouro, promovido pela revista Motoaction, premiou a Harley-Davidson Iron 883™ na categoria Custom
Texto: Print Press
A Harley-Davidson do Brasil tem mais um bom motivo para comemorar. A 5ª edição do Guidão de Ouro, promovido pela revista Motoaction, tradicional publicação especializada em motos Premium e de alta cilindrada, coroou a Harley-Davidson Iron 883™ como Guidão de Ouro na categoria Custom.
“A conquista desse prêmio é muito especial, pois ele é fruto da escolha do público que votou em nossa motocicleta. Nós acreditamos que nossas motos são únicas, mas ouvir isso de entusiastas de todo o Brasil é algo realmente sensacional”, afirma Júlio Vitti, gerente de Marketing, Produtos e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.
De acordo com o regulamento do prêmio, as motos vencedoras são eleitas pelo público, que pôde votar acessando o site da revista em www.revistamotoaction.com.br. A ideia é saber a preferência do consumidor dentre 68 motocicletas comercializadas no Brasil em 2011 divididas em oito categorias diferentes.

A Harley-Davidson Iron 883™ é a Sportster® que permanece fiel ao estilo minimalista, sem supérfluos. Visual dark custom, rodas pretas, para-lamas estilo chopped, guidão drag style, tanque de combustível estilo Peanut e lanternas traseiras com luzes indicadoras de direção integradas conferem ao modelo uma aparência inconfundível. Como diferenciais para a linha 2012, o novo grafismo Harley-Davidson e as cores Ember Red Sunglo e Big Blue Pearl deram ainda mais estilo à Iron 883™.