sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Suzuki confirma V-Strom 1000 para junho no mercado brasileiro

Renascida, modernizada e equipada com motor de dois cilindros,
controle de tração e freios ABS, a grandalhona chega ao mercado nacional no primeiro semestre de 2014
Publicado no Estado de Minas em 26/12/2013
A big trail V-Strom 1000 foi lançada mundialmente em 2002, curiosamente com um motor de dois cilindros em V, estilo Ducati, herdado da finada e malsucedida esportiva TL 1000, dentro da filosofia de que na indústria o reaproveitamento é a alma do negócio. No Brasil, a V-Strom 1000 disputou o mercado entre 2003 e 2009, quando subiu no telhado, deixando de ser comercializada. O retorno ao mercado nacional, porém, já tem data marcada: vai voltar no fim do primeiro semestre de 2014, com preço estimado de R$ 50 mil, montada em regime CKD, em Manaus, Amazonas, completamente reformulada, tanto na estética quanto na parte técnica.

O novo modelo foi apresentado como conceito no fim de 2012 e virou realidade um ano depois. Na verdade, o parto da renascida V-Strom 1000 não foi difícil, já que o modelo 2014 que chega agora ao mercado é praticamente o mesmo, com mínimas alterações em relação ao conceito. Outra curiosidade no processo de renovação do modelo foi a sua fonte de inspiração visual. A marca japonesa foi buscar no passado as formas da nova motocicleta, com desenho baseado na DR 750S, de 1988, que tinha como principal característica um ousado para-lama dianteiro, estilo bico de pato.

O motor conservou a mesma arquitetura, mas foi integralmente revisto. A capacidade foi ligeiramente aumentada de 996cm³ para 1.037cm³ de cilindrada. As mudanças internas também exigiram alterações externas complementares. O radiador de água foi redimensionado, junto com um radiador de óleo para controlar e manter a temperatura do motor.
As alterações incorporaram o emprego da eletrônica embarcada. A nova Suzuki V-Strom 1000 tem pela primeira vez na marca o controle de tração. O sistema que impede a roda traseira de girar em falso, ou patinar, conservando a estabilidade direcional, permite duas regulagens. Uma mais atuante, para pisos molhados, ou com baixa aderência, e outra mais esportiva, menos atuante, além da opção desligada, totalizando três possibilidades. Além disso, o sistema de freios ABS é de série. Na dianteira, são dois discos com 310mm de diâmetro, e na traseira, disco simples de 260mm de diâmetro.

O motor, equipado com injeção eletrônica e quatro válvulas por cilindro, também ganhou potência e, principalmente, torque. Agora rende 101cv a 8.000rpm e tem um torque de 10,5kgfm a apenas 4.000rpm. O torque ou força do motor é o fator que permite retomadas de velocidade e reacelerações mais vigorosas, facilitando a pilotagem. Também está equipada com embreagem deslizante, que não trava a roda traseira em reduções de marchas radicais (seis velocidades), típica de pilotagens mais esportivas. Aliás, a adoção de rodas de liga leve e pneus mais urbanos denuncia sua vocação mais para o asfalto do que para a terra.

Nesse quesito de comodidades urbanas, o banco foi rebaixado para 850mm de altura e o desenho do tanque afinado, para melhor encaixe das pernas, reduzindo deliberadamente a capacidade para 20 litros e também a autonomia, em nome do conforto. A suspensão dianteira é invertida e a traseira mono, com regulagens. O painel obedece ao formato misto, com instrumentos analógicos, como conta-giros, e digitais, com as demais informações, incluindo temperatura ambiente. O para-brisa pode ser regulado na distância e na altura manualmente. O modelo tem ainda malas laterais de fácil remoção e encaixe, mala central, e a versão Adventure, com equipamentos para longas viagens, além da irmã caçula V-Strom 650, já comercializada em nosso mercado.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

BMW Motorrad apresenta sua nova roadster de alto desempenho, a BMW S 1000 R.


Baseada na BMW S 1000 RR naked, chegará ao mercado nacional no primeiro semestre de 2014.
Fonte: BMW Group PressClub
A BMW Motorrad apresenta seu novo modelo de alto desempenho, a BMW S 1000 R. Baseada na superesportiva BMW S 1000 RR, este novo modelo naked oferece a condução dinâmica de uma superbike, com o estilo emocionante de uma roadster. Lançada na Europa à imprensa no início de dezembro, a moto estará disponível no mercado nacional no primeiro semestre de 2014.
Com visual agressivo, a BMW S 1000 R estabelece novos padrões no segmento roadster esportiva. Para proporcionar um desempenho equilibrado, com respostas eficientes no trânsito urbano e alta performance na estrada, seu motor de 999 cc e quatro cilindros – o mesmo que equipa a BMW S 1000 RR - passou por alterações no torque e potência disponíveis em baixas e médias rotações. A potência máxima de 160 hp é atingida a 11.000 rpm e o torque de 112 Nm a 9.250 rpm. Até 7.500 rpm, esta versão do motor desenvolve 10 Nm a mais do que a BMW S 1000 RR.
O modelo traz, de série, ASC (Controle Automático de Estabilidade), DTC (Controle Dinâmino de Tração) e freios Race ABS. A versatilidade e o excelente desempenho são garantidos pelos diferentes modos de condução “Rain” e “Road” que, dependendo das condições do piso – baixa aderência ou pista seca, respectivamente –, altera automaticamente as curvas de potência e torque.
A exemplo do design e dos componentes esportivos, o painel da BMW S 1000 R também foi inspirado nas motos de competição. O visor de LCD traz instrumentação completa, com conta-giros analógico, velocímetro, indicação de nível de combustível, autonomia e todos os dados de funcionamento da motocicleta, como marcha e modo de condução, além do sistema shift light, que indica o momento ideal para as trocas no câmbio de seis velocidades.
Com 207 kg em ordem de marcha a BMW S 1000 R é uma das motos mais leves em sua categoria. As rodas são de alumínio aro 17”, com pneus nas medidas 120/70 ZR 17 na dianteira e 190/55 ZR 17 na traseira. Em relação à BMW S 1000 RR, a distância entre-eixos foi aumentada em 22 mm, chegando a 1.439 mm, o que resultou em aumento de tração e estabilidade, além de aprimorar a resposta de direção e o conforto.
A BMW S 1000 R estará disponível nas cores vermelha, azul (metálica) e branca e seu preço será anunciado próximo da ocasião do lançamento.


terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Can-Am encerra ano vitorioso com ações sociais no RN 1500

Ação social evento off road
Entrega de doações será feita neste final de semana em São Rafael (RN); Temporada da Can-Am inclui título dos UTVs no Rally dos Sertões
Fonte: Mundo Press
Após temporada vitoriosa no ambiente off-road, a Can-Am encerra 2013 da melhor forma possível: com ações sociais promovidas pelo RN 1500, um dos principais ralis do país. Haverá neste final de semana a entrega de doações a famílias carentes de São Rafael, no oeste do Rio Grande do Norte – a última fase do projeto que também incluiu ações ambientais e é patrocinado pela Can-Am.
“A população local sempre ajuda muito no RN 1500, permite a nossa passagem e participa do fechamento de estradas. Esta é uma forma de reforçar o envolvimento com a comunidade, e não conseguimos realizar estas ações sem parcerias. A contribuição da Can-Am é fundamental, simplesmente o evento não aconteceria sem o envolvimento dos patrocinadores”, comentou Kleber Tinoco, organizador da prova que possui 16 edições.

A iniciativa irá beneficiar 100 famílias das zonas rurais e urbanas de São Rafael e foi batizada de “Solidariedade nos Quatro Cantos”. Serão doados materiais como comida, roupas, água, produtos de higiene e brinquedos. A entrega de doações será feita até esta sexta-feira, dia 20, na PG Prime, concessionária dos produtos BRP, o que inclui a Can-Am. A loja fica na Avenida Rio Branco, 171, Ribeira, em Natal (RN), sendo que o telefone para contato é o (84) 4009-4600. Há outros dois pontos de entrega de donativos na capital potiguar, a Escola Escritório – Livraria e Papelaria e a Marbelo Casa.
A Can-Am também investiu em ações sociais durante o Rally dos Sertões, por meio do projeto "Sorria para o Raly", organizado pelo Ideia Fixa. O projeto atende comunidades carentes por onde o evento passa. Em 2013, a iniciativa beneficiou de forma direta 640 crianças com a distribuição de kits com produtos de higiene bucal e pessoal, livros de histórias infantis, folha de atividades e pasta escolar.

Temporada de sucesso – Nas trilhas, o sucesso atingido pela Can-Am foi evidente. O veículo Maverick dominou as principais competições do ano, incluindo o título dos UTVs no Rally dos Sertões com o piloto Carlo Collet e o navegador Marcos Lara. Em seu ano de estreia, Deninho Casarini foi o vice-campeão do Brasileiro de Rally Baja, sendo que Collet confirmou o título do Sertões Series.
A marca canadense faturou as primeiras posições entre os UTVs no Rally dos Amigos (Rodrigo Varela em primeiro, seguido por Casarini e Collet), além de ter vencido o Rally Barretos (com Casarini) e o Rally Rota Sudeste (Collet e Lara), no interior paulista.

Casarini foi o mais rápido ainda no Rally da Ilha, em Ilha Comprida (SP), sendo que Ernesto Jun ganhou o Rally Cuesta Off-Road, em Botucatu (SP), na classe para quadriciclos. A temporada incluiu vitórias regionais no rally baja, com títulos no Campeonato Potiguar, com Lucas Barroso, e no Cearense, com Rômulo Valentim.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Cerimônia de lançamento da nova fábrica BMW no Brasil


Serão investidos 200 milhões de Euros, que vão gerar 1.300 novos empregos.
Fonte: BMW Group.
Hoje, o Grupo BMW inaugurou oficialmente sua nova nova fábrica no Brasil  em Araquari, Santa Catarina, com a participação do Vice-presidente da República  Michel Temer, do Governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, de  Ludwig Willisch, Diretor Regional  para as Américas, do Grupo BMW.
"Com a construção da nossa fábrica em Araquari, estamos fortalecendo o compromisso com o Brasil e adicionando mais um marco na estratégia de crescimento de longo prazo do Grupo BMW. O Brasil tem uma das maiores economias do mundo, em rápido crescimento. É um mercado com  enorme potencial para o futuro". Explicou Ludwig Willisch.
O Grupo BMW tem por objetivo atingir um crescimento equilibrado em todos os mercados. Os mercados emergentes de crescimento rápido como Brasil, Rússia, Índia e Coréia desempenham um papel vital neste esforço. Ao inaugurar uma nova fábrica no Brasil, o Grupo BMW está expandindo ainda mais a sua capacidade de produção global, chegando assim a 29 unidades de produção e montagem em 13 países de quatro continentes.
O início das operações da nova fábrica está prevista para o outono de 2014. A infra-estrutura de produção vai incluir uma body shop, uma oficina de pintura e uma linha de montagem.
Nos próximos anos, mais de 200 milhões de euros vão ser investidos na planta, resultando em uma capacidade produtiva de até 30 mil veículos por ano. O portfólio de produção deve incluir os seguintes modelos: MINI Countryman, BMW Série 1 modelo de 5 portas, a BMW Série 3 Sedan, BMW X1 e BMW X3. Quando estiver totalmente pronta a nova fábrica vai gerar. 1.300 novos postos de trabalho; 60 novos funcionários já estão trabalhando.


domingo, 15 de dezembro de 2013

Contran equipara bicicletas elétricas às comuns e dispensa placa e CNH

Modelos sem acelerador deixam de ser considerados ciclomotores. Assim, não precisam de placa, mas não podem passar de 25 km/h.
Publicado no portal G1.com em 13/12/2013.
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou na sexta-feira (13), no Diário Oficial, uma resolução que altera as regras em relação ao uso de bicicletas elétricas, equiparando-as a bicicletas comuns.
As "e-bikes" sem acelerador deixam de ser equiparadas com ciclomotores. Agora elas podem rodar em ciclovias e ciclofaixas e dispensam o emplacamento.
Além disso, o usuário também não precisa mais utilizar o capacete de motociclista, e sim o de ciclista, nem possuir a "Autorização para Conduzir Ciclomotor" (ACC) ou a carteira de habilitação na categoria "A" (motocicletas) e nem pagar o seguro obrigatório (DPVAT).
Em maio de 2012, um ciclista foi multado em uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro, quando utiliza uma bicicleta elétrica porque ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e estava sem capacete de motociclista. Na época, o condutor recebeu 21 pontos na carteira e infração no valor de R$ 1,7 mil. Ainda naquele mês, o governo do RJ decidiu que a Operação Lei Seca não mais multaria bicicletas elétricas que atingem velocidade de até 20km/h

As normas publicadas nesta sexta pelo Contran valem somente para os modelos que utilizam energia elétrica como assistente aos pedais, os chamados "pedelecs", e não os que possuem acelerador.
Para circular em vias públicas, essa bicicleta elétrica tem que ter potência máxima de 350 Watts, alcançar velocidade máxima de 25 km/h e não dispor de acelerador. Os modelos também devem estar dotados de indicador de velocidade, campainha, sinalização noturna dianteira, traseira e lateral, espelhos retrovisores, além de pneus "em condição mínima de segurança".

Para as bicicletas elétricas com acelerador, a equiparação com ciclomotor continua.
A resolução é válida tanto para as bicicletas que saírem de fábrica com motor elétrico, como para as que tiverem o dispositivo instalado posteriormente, e entrou em vigor a partir de sua publicação.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Linha de Bengalas Completas da X Motos do Brasil: resposta rápida em terrenos acidentados

 Os produtos obedecem as características das peças originais e atendem 80% das motos produzidas para o mercado nacional.
Fonte: Engenharia de Comunicação
A X Motos do Brasil disponibiliza sua mais nova Linha de Bengalas Completas. O sistema funciona para absorção de impacto na roda dianteira e é composto por tubo externo em alumínio especial com durabilidade estendida devido a sua estrutura robusta; e tubo interno de suspensão em aço com alto desempenho no amortecimento.

O tubo interno ainda possui valor agregado quanto aos seus componentes internos, pois são confeccionados segundo padrões normalizados internacionalmente, que melhoram o funcionamento do conjunto dando resposta rápida em terrenos acidentados. O item ainda possui a maior camada de cromo duro da categoria, o que propicia maior resistência, evita a oxidação e não altera o diâmetro externo.

Ambos os produtos possuem rugosidade baixa resultante do processo de retifica, fator que propicia para o tubo externo vedação eficaz e ao interno evita desgastes e vazamentos prematuros
Os produtos foram desenvolvidos obedecendo as características das peças originais e atendem 80% das motos produzidas para o mercado nacional. A venda pode ser feita unitariamente.
Para mais informações  sobre os produtos acesse  o site: xmotosdobrasil.com.br ou pelo SAC 0800 602 1166. 

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Gregório Caselani busca título do Sertões Series no Rally dos Amigos‏

Gregório Caselani 
Piloto do Team Rinaldi lidera a Production Aberta e está confirmado na decisão do campeonato em Avaré (SP), neste sábado
Fonte: Mundo Press
Gregório Caselani busca o título da Production Aberta do Sertões Series neste sábado, com o Rally dos Amigos em Avaré (SP). O piloto de motocicleta do Team Rinaldi é o atual líder da categoria. “Vou pensando no título. Se ganhar, melhor ainda”, afirmou o gaúcho. A prova também é válida pela final do Brasileiro de Rally Baja, no qual Ramon Sacilotti assegurou o título da Super Production de forma antecipada. Por conta de uma lesão nas costas, o piloto do Team preferiu não participar.
Caselani tem trabalhado forte para levar o título do Sertões Series para casa. Ele é o primeiro da Production Aberta com 67 pontos, dois a mais que Fabrício Bianchini. “Venho treinando bastante para buscar essa vitória e encerrar o ano com chave de ouro. Andei muito na areia, um dos tipos de chão da prova, para sair com o resultado positivo”, explicou.

O piloto terá momentos especiais no Rally dos Amigos. “O meu pai, Sidnei Azevedo, vai correr de UTV. Será a primeira vez que andaremos em uma prova juntos”, contou Caselani. Ele irá utilizar os pneus Rinaldi SR 39 na traseira e HE 40 na dianteira. A prova no interior paulista será formada por 125 quilômetros de trechos cronometrados que passarão canaviais e eucaliptos e terrenos que mesclam cascalho e piçarra, além de areia. A base do Rally dos Amigos será o Parque de Exposições Fernando Cruz Pimentel, conhecido como EMAPA.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Can-Am Adventure Tours fecha o ano no clima do Natal

Passeio na região de Biguaçu, em Santa Catarina, entrega
doações para comunidades carentes do percurso
Fonte: Mundo Press.
O Can-Am Adventure Tours encerra o ano de 2013 no mais puro clima do Natal, com um passeio solidário em Biguaçu (SC) neste sábado. A bordo de quadriciclos e UTVs, um grupo de amantes do off-road irá entregar doações para comunidades carentes da cidade e localidades da região que fazem parte do percurso do passeio, aberto a proprietários de veículos de todas as marcas.
A organização do evento solicitou que os participantes levem donativos, como brinquedos, roupas, calçados e alimentos, para serem distribuídos pelo caminho. “Vamos entregar as doações em casas de famílias carentes de Biguaçu e dos bairros de Três Riachos e Sorocaba, além da cidade de Antônio Carlos”, contou Clésio Nau, da Megajet, organizadora da etapa e concessionária dos produtos BRP – incluindo as máquinas da Can-Am.
“A própria Megajet fez uma doação grande para o passeio, certamente as famílias e crianças irão gostar da nossa visita. O roteiro inclui a passagem por terras indígenas, e eles também precisam bastante de donativos. O passeio terá estrada de chão e trilhas mais fechadas e irá durar cerca de quatro horas”, completou.

Para participar do Natal solidário do Can-Am Adventure Tours, os interessados devem entrar em contato com a Megajet no telefone (48) 3246-4546 para confirmar as inscrições. A organização do evento exige o uso de equipamentos de segurança nos passeios.

GP Gaúcho encerra temporada com show de motovelocidade na Fronteira da Paz

Pódio categoria turismo
Evento realizou etapa final em Rivera, Uruguai, com destaque para título de Robson Portaluppi na GP 1000
Fonte: Mundo Press.
O GP Gaúcho de Motovelocidade encerrou a temporada com show de motovelocidade na Fronteira da Paz, na etapa final no Autódromo Eduardo Prudêncio Cabrera, em Rivera, Uruguai, a um quilômetro de Santana do Livramento (RS). O evento realizado no último final de semana foi marcado por público de aproximadamente oito mil pessoas e grids repletos de pilotos de alto nível técnico. As corridas tiveram motocicletas de 125 até 1000 cilindradas, valendo ainda pela decisão do Campeonato Uruguaio da modalidade.

Na disputa envolvendo as superbikes, Robson Portaluppi foi o mais rápido da GP 1000 e conquistou em grande estilo o quinto título estadual do seu currículo. Os outros pilotos que confirmaram as taças de 2013 foram: Pedro Sampaio (GP 600), Marcelo Dahmer (Fórmula Turismo 1000), Rafael Portaluppi (GPR 300), Djonatas Catarina (GPR 125), Elder Cabreira (GP Light), Hebert Pereira (GPR 250) e Luis Henrique Zottis (Turismo 600). Entre as mulheres, os destaques foram Ilaine Ceratti (GP 600), Helencris da Silva (300cc) e Juliana Dalmas (GP 600).

Já nas classes Old Challenge, para competidores acima de 38 anos, os campeões foram Rogério Gentil Fernandes (Old Challenge GP 1000), Ernani Moraginski (Old Challenge 250cc), Sérgio Martins Correa (Old Challenge Ninja 300), Rafael Rosanelli (Old Challenge Turismo 1000), Elder Cabreira (Old Challenge GP Light), Edson Zanatta (Old Challenge GP 600), Alessandro Jacobsen (Old Challenge GPR 300) e Sérgio Alexandre da Rosa (GPR 125).

sábado, 7 de dezembro de 2013

Team Rinaldi acelera por mais títulos no Gaúcho de Motocross

Mateus Basso
Com três taças garantidas, equipe disputa a final do campeonato 2013 de olho nas vitórias da MX Pró e da MX2 em Veranópolis
Fonte: Mundo Press.
O Team Rinaldi acelera em busca de mais títulos no Rinaldi Gaúcho de Motocross. A grande decisão do evento está marcada para este final de semana na pista do Parque de Rodeios do CTG Rincão da Roça Reúna, em Veranópolis, região serrana do Rio Grande do Sul. Com três taças garantidas por antecipação, o Team Rinaldi tem como objetivo assegurar mais dois títulos nas classes principais, a MX Pró e a MX2.

A equipe tem três pilotos com chances de ser o campeão da MX Pró. Mateus Basso é o líder da classe, seguido por Duda Parise e seu irmão, Lucas Basso. Já na MX2, Duda Parise é o líder da classificação, tendo como adversário Leonardo Lizott. “Vou correr para ser o campeão nas duas categorias. Quero ganhar as corridas, mas não vou colocar em risco o campeonato, que é a minha prioridade”, comentou o experiente Parise, que possui nada menos do que 15 títulos gaúchos em seu currículo.

Mateus Basso depende de outros resultados, já que o regulamento permite descarte no final da temporada. “Estou bem confiante e vou fazer a minha parte. O público de Veranópolis gosta bastante de moto e a festa promete ser bonita. A pista é nova, espero que seja bem técnica, para destacar os melhores pilotos”, comentou o competidor de Gentil.
Missão cumprida – Enquanto uns lutam pelo título, outros entram na pista com a sensação de missão cumprida. Este é o caso de Gabriel Andrigo (50cc B), Gabriel Della Flora (Júnior) e Maiara Basso (MXF), todos campeões na rodada anterior, a sétima do calendário. “Quero coroar o título com mais uma vitória na MXF, mas também pretendo conquistar um bom resultado na MX3, competindo ao lado dos homens. Sempre aprendo muito com eles e vou focar nesta categoria na etapa final”, concluiu Maiara Basso.


domingo, 1 de dezembro de 2013

Campeão Lipão Rosendo conclui Mineiro de Cross Country

Lipão Rosendo
Piloto da Gas Gas Racing Team encerrou o campeonato neste domingo com o segundo lugar na etapa de Coimbra-MG
Fonte: Mundo Press
Campeão antecipado da XC2, Lipão Rosendo concluiu neste domingo a participação no Campeonato Mineiro de Cross Country para motocicletas. O piloto da Gas Gas Racing Team confirmou o segundo lugar na etapa final, realizada em Coimbra (MG), mesmo tendo dificuldades no percurso escorregadio. Com o resultado, ele fecha o ano com um retrospecto notável, já que venceu as quatro etapas anteriores da competição.
“Choveu muito em Coimbra e a prova quase foi cancelada. A solução da organização foi modificar o trajeto, que estava muito escorregadio, com subidas e descidas repletas de lama, e reduzir o tempo de prova para 30 minutos e mais uma volta. Estava muito complicado de andar, há tempos que eu não corria em um terreno assim. Foi sem dúvidas a etapa mais difícil do ano”, relatou Rosendo, que acelerou com a Gas Gas EC 250F. Inicialmente, a disputa teria mais de uma hora de duração.

“Eu larguei mal e tive que correr atrás. Cheguei a andar na ponta, mas em um trecho de alta velocidade, numa descida, eu quis acelerar o ritmo e acabei escorregando. Fui ao chão e luxei a minha mão direita, mesmo assim terminei em segundo lugar. Não foi como esperava, mas estou muito feliz com o campeonato. Além disso, a moto funcionou mais uma vez muito bem, sem nenhum problema”, concluiu. Rosendo volta a correr em 2014, dia 18 de janeiro, com o Mundial de Super Enduro em Belo Horizonte (MG).

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Moto 1000 GP: Grande Prêmio Petrobras confirma piloto de Cascavel no grid da categoria 600

Lucas Bittencourt
Lucas Bittencourt faz sua estreia no Moto 1000 GP pilotando a Triumph Daytona número 2 da Motrix-Scigliano Racing.
Fonte: Grelak comunicação.
A oitava etapa do Moto 1000 GP, que vai definir a lista de campeões de 2013 neste domingo (1º) em Cascavel (PR), teve confirmada na manhã desta quinta-feira (28) a estreia de um piloto da cidade no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Lucas Bittencourt vai participar da corrida da categoria GP 600 pilotando a Triumph Daytona 675 número 2 da Motrix-Scigliano Racing, equipe que conquistou o título de 2012 com o paulista André Veríssimo.
Bittencourt participa regulamente de atividades de Track Day, lideradas por pilotos experientes da motovelocidade brasileira. Sua presença no grid do GP Petrobras representará a primeira participação em uma corrida em asfalto. “Os Track Days dão muita noção de análise da pista, de posição de pilotagem, de como buscar uma frenagem. Mesmo sem ter participado de corridas, acho que chego aqui com uma base boa para um estreante”, considera.

Aos 20 anos, Lucas Bittencourt reconhece a ansiedade de uma estréia. “Minha primeira corrida é uma decisão de Campeonato Brasileiro, e na minha cidade, contando com a torcida, muitos amigos meus vão estar no autódromo, não dá para negar que isso me deixa um pouquinho nervoso. Acho que é uma reação normal, depois alivia antes de entrar na pista”, acredita. “É uma grande oportunidade para eu pegar experiência como piloto".
O primeiro contato com o Moto 1000 GP no GP Petrobras leva o cascavelense a vislumbrar a participação no campeonato de 2014. “Essa pode ser a primeira de muitas corridas, é cedo para saber. Como ainda estudo, viajar para as etapas no Brasil inteiro pode ser complicado, mas acho que vou fazer pelo menos duas ou três etapas no ano que vem”, arrisca. Bittencourt, em 2014, cursará em Cascavel, onde mora, o terceiro ano de Direito.

Com a confirmação de Lucas Bittencourt, a cidade passa a ter dois pilotos no evento. Nico Ferreira, cascavelense que reside e compete nos Estados Unidos, fará no GP Petrobras sua terceira participação na GP 1000, categoria principal do Moto 1000 GP. Piloto da Kawasaki ZX10-R número 34 da HPN Racing, o piloto de 28 anos foi sétimo colocado na quarta etapa, em Cascavel, e ficou em quarto na sétima prova do calendário, em Campo Grande (MS).

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Paraná e Goiás recebem etapas do Can-Am Adventure Tours

Carlópolis (PR) e Cristalina (GO) estão no roteiro do passeio para quadriciclos e UTVs; Test drive Can-Am reforça programação do fiim de semana
Fonte: Mundo Press
O Can-Am Adventure Tours tem destino a Carlópolis, no Paraná, e Cristalina, em Goiás, neste final de semana. O passeio para proprietários de quadriciclos e UTVs de todas as marcas irá desbravar as trilhas da região, com o suporte de monitores treinados. Para completar as atividades do final de semana, as cidades recebem test drive com os veículos off-road da Can-Am.
Em Carlópolis, o Can-Am Adventure Tours será no domingo. “A trilha inclui paisagens muito bonitas de montanha. Passaremos por mata fechada e regiões de fazendas, será um passeio muito interessante”, antecipou Glauco Bordignon, da Gold Fish, organizadora do evento e concessionária dos produtos BRP, responsável pela Can-Am. “Marcamos o test drive com os quadriciclos e UTVs para sábado, quando iremos realizar um passeio de motos aquáticas e lanchas”, acrescentou. Os interessados em participar das atividades devem entrar em contato pelo telefone (43) 3174-1515. 

Já em Cristalina, o final de semana terá clima off-road com o evento Calango Trophy, que reunirá todos os tipos de veículos para uso fora de estrada. O Can-Am Adventure Tours fará um passeio pelos arredores do evento no sábado, sendo que o test drive será no domingo. “A trilha terá lama, rio, pedra e areia, sendo que a região é de cerrado. Vamos percorrer cerca de 50 quilômetros, em seis horas de passeio”, antecipou Piero Baiocchi, da Villa Motorsports, revendedora BRP de Goiânia. A empresa organiza o evento em conjunto com Villa Náutica de Brasília. Os contatos para inscrições são: (62) 3225-1575, em Goiás; e (61) 3223-0201, no Distrito Federal.

O Can-Am Adventure Tours apoia a Trilha Solidária e incentiva a doação de dois quilos de alimentos não perecíveis por participante como taxa de inscrição. O material arrecadado será encaminhado a entidades assistenciais. A organização do evento exige o uso de equipamentos de segurança nos passeios e test drives, que são direcionados a pilotos habilitados nas categorias A ou B.

Moto 1000 GP tem quase dez horas de treinos na programação do GP Petrobras

Etapa final do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá transmissão ao vivo do canal Bandsports a partir das 13 horas.
Fonte: Grelak Comunicação.
O GP Petrobras, que vai marcar neste domingo (1º) o encerramento da temporada do Moto 1000 GP, reserva aos pilotos e equipes uma programação intensa de treinos preparatórios no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR). O cronograma, que será aberto nesta sexta-feira (29), prevê nove horas e meia de pista liberada para treinos livres e classificatórios nas cinco categorias que compõem o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.
Os pilotos da GP 1000 terão entre sexta e sábado (30) quatro sessões livres de 25 minutos, cada. A GP 600 e a categoria-escola GPR 250 terão sua preparação marcada por dois treinos de 25 minutos na sexta e outros dois com 20 minutos, no sábado. Formando grid único, GP Light e GP Máster terão duas sessões de 25 minutos na sexta; no sábado, os pilotos serão divididos em dois grupos, cada um com um treino livre e a Pré-Classificação de 20 minutos.

A movimentação do GP Petrobras na pista, no domingo, será aberta às 8h20, com sessões de treinos de aquecimento de 10 minutos para cada grid, que completarão as nove horas e meia do cronograma de preparação em pista – cômputo que não considera os treinos extras opcionais que levaram pilotos e equipes à pista durante toda a última quarta-feira (27). A sequência de corridas será aberta com a GP Light e a GP Máster, com largada às 10h20.

Os treinos classificatórios de sábado e as corridas de domingo do GP Petrobras terão transmissão ao vivo no site Moto1000GP.com.br. A etapa de domingo será transmitida a partir das 13 horas pelo canal Bandsports, com narração de Celso Miranda, comentário de César Barros e reportagem de Ricardo Montesano. A transmissão das corridas será levada também pela Band Internacional aos telespectadores de três continentes.


PROGRAMAÇÃO:
29 de novembro a 1º de dezembro de 2013 – Autódromo Zilmar Beux – Cascavel (PR)
Sexta-feira, 29 de novembro
11h30 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
12h05 – primeiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
12h40 – primeiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
13h50 – primeiro treino livre da GP Light/GP Máster (25 minutos)
14h25 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)
15h00 – segundo treino livre da GP 600 (25 minutos)
15h35 – segundo treino livre da GP 1000 (25 minutos)
16h45 – segundo treino livre da GP Light/GP Máster (25 minutos)

Sábado, 30 de novembro
9h15 – terceiro treino livre da GPR 250 (20 minutos)
9h40 – terceiro treino livre da GP 600 (20 minutos)
10h05 – terceiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
10h35 – terceiro treino livre do grupo A da GP Light/GP Máster (20 minutos)
11h00 – terceiro treino livre do grupo B da GP Light/GP Máster (20 minutos)
11h25 – quarto treino livre GPR 250 (20 minutos)
11h50 – quarto treino livre GP 600 (20 minutos)
13h00 – quarto treino livre GP 1000 (25 minutos)
13h35 – treino pré-classificatório do grupo A da GP Light/GP Máster (20 minutos)
14h00 – treino pré-classificatório do grupo B da GP Light/GP Máster (20 minutos)
14h30 – treino classificatório Q1 da GPR 250 (20 minutos)
14h55 – treino classificatório Q1 da GP 600 (20 minutos)
15h20 – treino classificatório Q1 da GP 1000 (20 minutos)
15h45 – treino classificatório Q1 da GP Light/GP Máster (15 minutos)
16h05 – treino classificatório Q2 da GPR 250 (10 minutos)
16h20 – treino classificatório Q2 da GP 600 (10 minutos)
16h35 – treino classificatório Q2 da GP 1000 (10 minutos)
16h50 – treino classificatório Q2 da GP Light/GP Máster (15 minutos)

Domingo, 1º de dezembro
8h20 – warm up da GP Light/GP Máster (10 minutos)
8h40 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
9h00 – warm up da GP 1000 (10 minutos)
9h20 – warm up da GP 600 (10 minutos)
10h20 – largada da GP Light/GP Máster (20 voltas)
11h20 – largada da GPR 250 (20 voltas)
11h50 – show de wheeling (50 minutos)
12h00 – visitação aos boxes (30 minutos)
13h10 – largada da GP 1000 (22 voltas)
14h05 – largada da GP 600 (20 voltas)
15h00 – Motopassei

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Moto 1000 GP chega à etapa final da temporada 2013 na pista mais veloz de seu calendário

A pista cascavelense já figurou no calendário em 2013, recebendo a quarta etapa, no dia 25 de agosto. O paranaense Diego Faustino, ganhou a corrida da GP 1000.
Fonte: BMW Motorrad Brasil
Patrocinado pela BMW Motorrad, o Moto 1000 GP chega à etapa final de sua temporada, com disputas realizadas na pista mais veloz de seu calendário. No próximo domingo, dia 1º de dezembro, as provas serão realizadas na cidade de Cascavel (PR) e na oitava e última fase do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.
A pista do Autódromo Zilmar Beux tem extensão de 3.058 metros e é o traçado mais rápido entre os que recebem as etapas da competição, com velocidades médias que superam os 175 km/h. Nesta quarta-feira, 27 de novembro, serão realizadas sessões extras e não obrigatórias de treinos livres, utilizadas para aprimoramento o acerto das motocicletas.
Implementados em 2013, esses treinos contribuem para otimizar os ajustes do equipamento e a evolução técnica dos pilotos. “Começamos com os treinos extras neste ano. As sessões têm um custo baixo para as equipes e possibilitam aos pilotos mais tempo de treino para evoluírem tecnicamente”, observa o diretor do Moto 1000 GP, Gilson Scudeler. “Nós só não tivemos os treinos extras nas etapas realizadas em São Paulo”, acrescentou.

Em sua estreia em Cascavel, no ano passado, o Moto 1000 GP realizou rodada dupla, válida pelas quinta e sexta etapas. Em seis provas, houve quatro vitórias de argentinos: Leandro “Tati” Mercado ganhou as duas corridas da GP 1000, categoria principal do evento, enquanto Adrian Silveira conquistou duas vitórias na GP 600. A GP Light teve vitórias de dois pilotos paulistas: Lucas Barros, que conquistaria o título, e Nick Iatauro.
O Moto 1000 GP definirá campeões nas categorias GPR 250, GP 600 e GP Máster. Todas as motocicletas utilizam a gasolina Petrobras Podium e o lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam o evento ao lado da BMW Motorrad e da Michelin, que fornece pneus a todas as equipes. O campeonato tem o apoio de Beta, BMW Serviços Financeiros, Servitec, Shoei, LeoVince, Tutto Moto, HPN, Denko, Airfence Brasil e Peterlongo.

Comunidade Spyder fecha o ano com evento solidário no litoral paulista

Grupo arrecada alimentos e brinquedos novos em passeio à beira mar a bordo do roadster da Can-Am
Fonte: Mundo Press.
Foto: Idário Café.
A Comunidade Spyder fecha as atividades de 2013 neste sábado, acelerando para que o final de ano das crianças atendidas pela ONG Gema seja mais especial. O evento Natal Solidário Spyder será o último encontro dos proprietários do roadster da Can-Am da temporada e tem destino às belas praias de São Sebastião, no litoral norte paulista. O passeio estimula a arrecadação de alimentos e brinquedos novos entre os participantes, que receberão cupons para concorrer a prêmios. Quanto mais doarem, mais chances terão de ganhar.
O início do passeio será na rodovia dos Imigrantes, que de cara já proporciona belas paisagens da Baixada Santista. Em seguida, o grupo irá acessar as rodovias Padre Manoel da Nóbrega e Rio-Santos, conhecida como uma das mais belas estradas à beira mar do país. O total do percurso será de 125 quilômetros até a Praia Preta, onde os participantes farão uma pausa para o almoço com direito a vista panorâmica do litoral norte e suas ilhas.

As vagas para o Natal Solidário Spyder são limitadas, sendo que os contatos para inscrições são os telefones (11) 5533-8952 e 7721-7226, com Karen, além do e-mail contato@mundospyder.com.br. A organização do evento exige a utilização de capacete, recomendando o uso de calçado alto (com proteção no tornozelo), calça comprida, jaqueta e luvas. Os passeios da Comunidade Spyder rendem ainda um carimbo no passaporte exclusivo dos proprietários do roadster.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

BMW realiza recall de K 1600 GT e GTL no Brasil

BMW 1600K
Falha pode ocasionar parada involuntária do motor e possível acidente. Modelos foram fabricados entre fevereiro de 2011 e março de 2012.
Publicado no G1.com em 25/11/2013.
A BMW convocou nesta segunda-feira (25) os proprietários das motos K 1600 GT e GTL a comparecerem a uma concessionária da marca para realizar de reprogramação do sistema eletrônico (software) de gerenciamento do motor.
Uma falha no dispositivo pode ocasionar parada involuntária do motor e possível acidente. Os Modelos foram fabricados entre fevereiro de 2011 e março de 2012.
VEJA CHASSIS ENVOLVIDOS:
Modelo – K 1600 GT
Chassis de ZY40347 até ZY45376
Modelo – K 1600 GTL
Chassis de ZZ13269 até ZZ18224
No comunicado, a empresa informa que existe alteração do funcionamento do motor em reação de falha em seu módulo de gerenciamento eletrônico. Caso isso ocorra, o motor da motocicleta poderá ser desligado de forma inesperada durante a pilotagem, o que pode causar acidente e danos físicos e materiais ao condutor, passageiro e terceiros.
Para mais informações a BMW disponibiliza o telefone 0800 707 3578, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h e o site www.bmw.com.br.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Gas Gas Racing Team quer mais títulos para fechar temporada do enduro FIM

Rigor Rico 
Com taças do Brasileiro garantidas na E1 e na E2, equipe acelera na final em Patrocínio (MG) com objetivo de comemorar pelo Mineiro da modalidade
Fonte: Mundo Press
Foto: Léo Tavares
A Gas Gas Racing Team acelera neste final de semana para fechar a temporada do enduro FIM para motocicletas com ainda mais títulos em sua galeria. Campeã brasileira antecipada com os pilotos Rômulo Bottrel (E1) e Rigor Rico (E2), a equipe disputa a grande final em Patrocínio (MG) de olho nas taças do Mineiro da modalidade, que também realiza as últimas etapas na prova. Além de Rico, que está invicto na E2, o irmão dele, Ripi Galileu, lidera a E1 pelo torneio estadual.

“Corro em Patrocínio há tempos e, apesar de ser diferente a cada ano, a corrida é bem do estilo que eu gosto. Espero fazer uma ótima prova e fechar o ano com o título Mineiro”, comentou Rigor Rico. Mesmo sem ter participado de uma etapa da competição estadual, que coincidiu com um evento do Brasileiro, ele soma 175 pontos na tabela da E2 a bordo da Gas Gas EC 250F - contra 168 do segundo colocado, Vinícius da Silva.
Irmão de Rico, Ripi Galileu compete com a Gas Gas EC 300 dois tempos e possui 171 pontos no Mineiro, 16 a mais que Gabriel Badaró. “Por reunir os pilotos do Brasileiro, a disputa em Patrocínio vai estar acirrada e bastante difícil. Gosto de correr lá e quero acelerar forte para conquistar o título mineiro”, afirmou o líder.

Com o dever cumprido, o bicampeão nacional Rômulo Bottrel espera correr sem pressão com a sua Gas Gas EC 450F. “Vou manter a tranquilidade e procurar me divertir, pois irei encontrar vários amigos que competem pelo Mineiro e normalmente não estão em etapas do Brasileiro. Claro que pretendo vencer, mas não que

Can-Am Adventure Tours acelera no cerrado em Itaberaí (GO)

Passeio deste sábado reúne proprietários de quadriciclos e UTVs; No domingo, haverá test drive com as máquinas da marca canadense
Fonte: Mundo Press.
O Can-Am Adventure Tours acelera pelas paisagens do cerrado neste sábado, em Itaberaí, Goiás. O passeio conta com monitores treinados da Can-Am e é direcionado a proprietários de quadriciclos e UTVs de todas as marcas. No domingo, quem quiser experimentar a sensação de pilotar uma máquina da marca canadense não pode perder o test drive com os veículos off-road.
O ponto de encontro do grupo para o passeio será o Shopping Itaberaí, mesmo local do test drive de domingo para pessoas habilitadas (categoria A ou B). Por estradas de terra e trilhas, o Can-Am Adventure Tours promete muitas atrações naturais.

“A região é bem típica de cerrado e passaremos por rios e cachoeiras. O passeio terá cerca de 60 quilômetros, com duração aproximada de quatro horas. Na volta, haverá um churrasco para os participantes”, comentou Márcio Elísio, da Villa Motorsports de Goiânia (GO), que organiza o evento em conjunto com a Villa Náutica de Brasília. As duas lojas são revendedoras dos produtos BRP, o que inclui os veículos da Can-Am.
Para as etapas do Can-Am Adventure Tours, é fundamental o uso dos equipamentos de segurança. O evento faz parte da Trilha Solidária, ou seja, recebe dois quilos de alimentos não perecíveis como taxa de inscrição, os quais serão encaminhados a entidades assistenciais. Os contatos para garantir uma vaga no passeio ou no test drive são: (62) 3225-1575 - Villa Motorsports; e (61) 3223-0201 - Villa Náutica.

GP Gaúcho de Motovelocidade cruza fronteira e realiza final no Uruguai

Pista de Rivera.
Competição amplia opções para a modalidade com grande festa na decisão a um quilômetro de Santana do Livramento (RS), na conhecida Fronteira da Paz
Fonte: Mundo Press
O GP Gaúcho cruza a fronteira em busca de novos palcos para o espetáculo da moto velocidade. A competição irá realizar a grande final nos dias 7 e 8 de dezembro no Autódromo Eduardo Prudêncio Cabrera, em Rivera, Uruguai, a apenas um quilômetro de Santana do Livramento (RS) – com a qual forma a conhecida Fronteira da Paz.
“As cidades são irmãs e queremos que a moto velocidade tenha uma boa repercussão em todo o Rio Grande do Sul, assim como o interior. A região têm tradição em corridas de terra e grande potencial para desenvolver ainda mais a modalidade. O evento e o circuito irão estimular pilotos de locais como Bagé, Santa Maria e Rosário, entre outros, o que certamente é algo importante para o esporte”, comentou Alexandre Sampaio, diretor do GP Gaúcho.

A decisão do torneio será realizada em parceria com o Campeonato Uruguaio de Moto velocidade, que também coloca suas taças em jogo na final. As corridas prometem ainda a presença dos argentinos na pista de 3080 metros. O circuito reinaugurado no último final de semana gira em sentido anti horário, com nove curvas para a esquerda e cinco para a direita. As baterias envolvem disputas entre motocicletas de 125 até 1000 cilindradas.

“Os uruguaios valorizam muito a cultura esportiva dos autódromos e será uma grande troca de experiência. Além disso, a pista irá propor novos desafios aos brasileiros, já que é inclinada e com características diferentes. O ponto de menor velocidade é em frente aos boxes, o que facilita a comunicação com os pilotos nas placas. E a reta mais rápida fica atrás dos boxes, com ótima visualização das arquibancadas naturais, onde o público costuma fazer as famosas costelas assadas”, descreveu Sampaio.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Velejadores da BMW Motorrad ficam entre as seis melhores do País.

A competição reuniu barcos na Praia da Armação, em Ilhabela, incluindo os últimos campeões, Cláudio Cardoso, em 2011, e Baby, no ano passado.
Fonte: BMW Group
Marcos Ferrari e Caroline Sylvestre garantiram o sexto lugar no Campeonato Brasileiro de Hobie Cat, em Ilhabela (SP). A dupla da BMW Motorrad fechou o torneio, nesta sexta-feira (15), somando 35 pontos perdidos. Os campeões José Roberto de Jesus e Anderson Brandão, perderam apenas 21 pontos, seguidos pelo vice-campeão pan-americano Bernardo Arndt, que velejou ao lado de sua filha Marina Arndt. Claudio Luiz Teixeira e Bruno Oliveira, vice-campeão no Pan de Guadalajara, com Bernardo Arndt, o Baby, completaram o pódio.
A competição reuniu barcos na Praia da Armação, em Ilhabela, incluindo os últimos campeões, Cláudio Cardoso, em 2011, e Baby, no ano passado. Marcos Ferrari e Caroline Sylvestre adotaram o campeonato como escala para competições internacionais nas próximas temporadas. "Corremos o Brasileiro para cumprir mais uma etapa de nossa preparação para os Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, objetivo final de nossa campanha", considerou Marcos Ferrari. 

Por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, Marcos Ferrari e Caroline Sylvestre têm o patrocínio da BMW Motorrad e o apoio da Garmin, Oakley, Santa Constância, Companhia Atlética e YCSA. A dupla acumulou uma série de conquistas nesta temporada: medalha de prata no Campeonato Sul-Brasileiro de Hobie Cat (março), ouro no Campeonato Português e na Semana Internacional de Monotipos de Ilhabela (julho), prata no Campeonato de Hobie Cat da Oceania e ouro no Fiji Challenge (agosto). No final de outubro, ainda ficou com o quarto lugar no Campeonato Norte-Americano da classe, no Texas, enfrentando as melhores parcerias dos Estados Unidos, Canadá, México, Guatemala e Porto Rico.

Classificação final, após dez regatas e dois descartes
1- José Roberto de Jesus / Anderson Brandão - 21 pontos perdidos (2+3+2+[7]+3+2+3+2+[6]+4)
2 - Bernardo Arndt / Marina Arndt - 23.2 pp (1+4.2+1+[8]+7+3+[32]+5+1+1)
3 - Claudio Luiz Teixeira / Bruno Oliveira - 27 pp ([10]+6+[32]+4+2+8+1+1+2+3)
4- Felipe Frey / Geisa Lira - 29 pp (5+2+4+3+[8]+1+[32]+7+5+2)
5- Claudio Cardoso / Rafael Monteiro - 31 pp (7+1+3+[12]+4+[10]+2+4+3+7)
6- Marcos Ferrari / Caroline Sylvestre - 35 pp (4+8+[9]+1+1+4+6+3+[32]+8)

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Minimotos e Mini quadriciclos da X Motos como opções de presentes para o Natal 2013

Mini Motos elétricas podem fazer a festa da garotada apaixonada por veículos de duas rodas neste Natal.
Fonte: Engenharia de Comunicação.
A X Motos do Brasil apresenta sua linha de Mini motos e Mini Quadriciclos Elétricos como opção de presentes para este Natal.
Os produtos são indicados a crianças de até 08 anos, possuem design exclusivo e baixo consumo de energia, que garante a alegria da garotada por até 8 horas seguidas.
Os mini quadriciclos possuem motor elétrico de 500 W, três velocidades, capacidade para até 50 Kg, freio a disco na dianteira e traseira, rodas aro 4.10X4, 3 baterias 12V/12A, painel indicador de carga, marcha ré, e peso total de apenas 44 Kg.

Já as mini motos da X Motos possuem motor com potência de 350 W, possuem aro dianteiro e traseiro 12,5”, 2 baterias 12V/12 A, três velocidades, painel com indicador de carga, e também tem como público alvo crianças de até 08 anos. O peso total do veículo é de 32 Kg, podendo chegar a 15 Km/h. As mini motos possuem freio (dianteiro e traseiro) com acionamento por cabo e suspensão dianteira invertida e traseiro mono-choque.
Ambos estão disponíveis nas cores: azul, laranja, preto, verde e vermelho. A mini moto também pode ser adquirida na cor amarela.
Mais informações sobre os produtos, peças e acessórios para máquinas em duas rodas no site: xmotosdobrasil.com.br ou pelo SAC 0800 602 1166.

Moto 1000 GP: Pedro Sampaio vence a GPR 250 em Campo Grande

Pedro Sampaio
Vitória deixou piloto gaúcho a um ponto do líder da classificação e disputa do título fica para a última etapa em Cascavel (PR)
Fonte: Grelak Comunicação.
Foi de Pedro Sampaio, da equipe Fábio Loko, a vitória na sétima e penúltima etapa da GPR 250, na manhã deste domingo (17), no Autódromo Internacional de Campo Grande. Na segunda colocação veio Meikon Kawakami, da Alex Barros Racing, seguido do piloto uruguaio Gabriel da Silva, da DPS Competicion. O primeiro lugar na etapa sul-mato-grossense levou o piloto gaúcho aos 104 pontos, a um ponto do líder Meikon Kawakami.
Para Sampaio, a estratégia traçada desde os treinos livres de sexta-feira (15) deu certo. “Trabalhamos para fazer uma moto equilibrada para a corrida. Tentei fazer bem a largada, caí para o segundo lugar, mas recuperei. Sabíamos que se mantivéssemos o ritmo forte do começo ao fim poderíamos sair com a vitória. Deu certo”, sintetizou Sampaio.

Para Meikon, segundo na etapa sul-mato-grossense, a colocação não foi o ideal, mas agora é pensar na próxima corrida. “Tentei acompanhar o Pedro, mas não consegui. Então briguei para terminar essa corrida em segundo lugar”, disse, valorizando a pontuação que o deixou na liderança da GPR 250, agora com 105 pontos alcançados.
Gabriel da Silva, piloto uruguaio que fez sua estreia no Moto 1000 GP na etapa de Campo Grande, estava bastante feliz com a terceira colocação. “Foi minha primeira corrida e consegui pódio. Achei muito bom e isso me anima a querer continuar. Vamos ver algo para a próxima temporada, para fazer todo o calendário do Campeonato Brasileiro”, finalizou.

A próxima etapa, última da temporada, está marcada para o Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR) no dia primeiro de dezembro e vai apontar o campeão da temporada 2013 da GPR 250, categoria idealizada para a formação de novos pilotos dentro do Moto 1000 GP.
Pedro Sampaio largou na pole, seguido de Meikon e Ton Kawakami. Assim que foi dada a largada, Meikon chegou a assumir a ponta, retomada por Sampaio ainda na segunda curva. Gabriel da Silva largou bem e assumiu a terceira colocação, deixando para trás Ton Kawakami.

Da terceira volta em diante, Sampaio se distanciou do grupo dos quatro primeiros colocados e manteve o primeiro lugar até o fim da prova, deixando as disputas mais acirradas pelo segundo e terceiro lugar, com Meikon defendendo a segunda colocação de Gabriel da Silva.
Resultado extra oficial da GPR 250 realizada no Autódromo Internacional de Campo Grande (MS), válida pela sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade:
1°) Pedro Sampaio (RS/Fábio Loko), Honda, 11 voltas em 20min30s597
2°) Meikon Kawakami (SP/Alex Barros Racing), Honda, a 16s157
3°) Gabriel da Silva (URU/DSP Competicion), Kawasaki, a 26s152
4°) Maycon Benassi (PR/Team Fuel Racing-Mormaii), Kawasaki, a 44s333
5°) Ton Kawakami (SP/Alex Barros Racing), Honda, a 44s712
6°) Cleber Parrado (SP/Mamute Racing), Kawasaki, a 56s00
7°) Antonio Telvio (RJ/Tronsoft Racing), Kawasaki, a 1min41s947
8°) Walteny Amaral (RJ/Tronsoft Racing), Kawasaki, a 1 volta
9°) Marco Wink (RS/Carlos Barcelos), Honda, a 1 volta
Volta mais rápida: Pedro Sampaio – 1min49s707 – Média de 112,653 km/h

Carlo Collet e Marcos Lara vencem Rally Rota Sudeste

Carlo Collet
Atual campeã do Rally dos Sertões, dupla da equipe Can-Am fatura categoria para UTVs da competição em Barra Bonita (SP)
Fonte: Mundo Press.
Após o título inédito do Rally dos Sertões, Carlo Collet e o navegador Marcos Lara voltaram a vencer a bordo do Can-Am Maverick. A dupla conquistou neste sábado a taça da categoria para UTVs do Rally Rota Sudeste, evento válido como etapa final do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country em Barra Mansa, interior paulista. “Vencemos os dois dias de prova com tranquilidade”, resumiu Collet.
O veículo concorrente da dupla da equipe Can-Am, liderado pelo piloto Leandro Torres, teve problemas. “A prova foi longa, formada por dois dias de 260 quilômetros de trajeto, e o percurso foi bastante técnico e com trechos arenosos. O Can-Am Maverick, mais uma vez, foi perfeito, apenas tivemos um pneu furado em um caminho de pedras, mas mesmo assim conseguimos ir até o final da especial. Nosso concorrente sofreu super aquecimento do UTV, portanto não nos sentimos ameaçados”, contou o piloto Can-Am.

Ele aguarda a classificação oficial do Brasileiro de Rally Cross Country, já que não participou das primeiras etapas. Os competidores da Can-Am têm um último desafio agendado para a temporada, válido como decisão do Brasileiro de Baja no dia 8 de dezembro, no interior paulista. “Estamos confirmados no Rally dos Amigos, que fecha o ano e é uma prova sempre muito empolgante. Espero que a gente consiga uma nova vitória”, concluiu Collet.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Moto 1000 GP: GPR 250, categoria de formação, é a mais equilibrada de 2013‏

Sabrina Paiuta
Em sua primeira temporada, categoria de formação de pilotos tem disputa aberta pelo título de Campeão Brasileiro de Motovelocidade
Fonte: Grelak Comunicação
As corridas da categoria GPR 250 são sempre um espetáculo à parte para quem acompanha as corridas do Moto 1000 GP. Na pista, os pilotos proporcionam disputas acirradas, curva a curva, pelas melhores colocações. Esta é a primeira temporada completa da GPR 250 no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade – houve uma única prova, em 2012, em caráter experimental –, numa categoria projetada dentro do evento para a formação e a descoberta de novos talentos dentro da modalidade.

A corrida deste domingo (17) no Autódromo Internacional de Campo Grande (MS), sétima e penúltima etapa do ano, desenha-se como fundamental para as pretensões para o título. O traçado sul-mato-grossense será novidade também para os jovens pilotos, que devem fazer dos dois primeiros treinos livres, programados para a sexta-feira (15), um reconhecimento de pista para ajuste dos componentes – as altas temperaturas características do Centro-Oeste brasileiro deverão determinar estratégia das equipes. As sessões livres seguem no sábado (16) na parte da manhã, com a definição da ordem de largada na parte da tarde.

Liderando a classificação está Meikon Kawakami, piloto de 11 anos que defende as cores da Alex Barros Racing, com 85 pontos. Na sequência aparecem o piloto gaúcho Pedro Sampaio, da equipe Fábio Loko, com 77, Igor Calura, da Mototech, com 72 e Sabrina Paiuta, da Mobil Rush Team, com 70 pontos.

Em seis corridas realizadas até agora, foram quatro vencedores. Calura estreou na temporada com vitória, em São Paulo (SP). Sabrina venceria as duas etapas seguintes, em Curitiba – onde ultrapassou Kawakami metros antes da linha de chegada para receber a bandeirada quatro milésimos de segundo à frente do adversário – e no retorno da categoria a São Paulo. Calura foi o primeiro a ver a bandeira quadriculada na etapa em Cascavel (PR). Mais uma vez em São Paulo, a torcida viu a festa de Kawakami no lugar mais alto do pódio. Em Santa Cruz do Sul (RS), um novo piloto apareceu no primeiro lugar: Fabiano Vaz, da equipe ABR.

domingo, 10 de novembro de 2013

GP Gaúcho de Motovelocidade define primeiros campeões

Luis Henrique Zottis assegurou a taça da Turismo 600 com uma rodada de antecipação, assim como pilotos das categorias femininas e Old Challenge
Fonte: Mundo Press
Luis Henrique Zottis
O GP Gaúcho de Motovelocidade definiu neste domingo os primeiros campeões da temporada 2013, após as corridas da quarta etapa no Autódromo Internacional de Guaporé (RS). Luis Henrique Zottis assegurou a taça da Turismo 600 com uma rodada de antecipação, assim como três competidoras das classes femininas: Ilaine Ceratti (GP 600), Helencris da Silva (300cc) e Juliana Dalmas (600).

A competição também destacou campeões em categorias Old Challenge, direcionadas a pilotos com mais de 38 anos. Rogério Gentil Fernandes (GP 1000), Ernani Moraginski (250cc), Sérgio Martins Correa (Ninja 300), Elder Cabreira (GP Light) e Rafael Rosanelli (Turismo 1000) já podem comemorar.
“A quarta etapa foi muito boa, tudo deu certo em Guaporé – a começar pelo dia quente e agradável, perfeito para andar de moto. As corridas das superbikes mostraram a plástica do esporte, enquanto as outras categorias esbanjaram equilíbrio, com resultados definidos na chegada, como o da 125cc”, contou Alexandre Sampaio, diretor do GP Gaúcho.
Na GP 1000, Robson Portaluppi confirmou o favoritismo e abriu seis pontos na liderança da classe sobre Alex Quadros “Power”. O destaque da GP Light foi Elder Cabreira, que manteve a ponta da categoria. Já a GP 600 tem novo líder: Pedro Sampaio, o mais rápido da quarta etapa. Confira os resultados:

Resultados – 4ª Etapa do GP Gaúcho de Motovelocidade
GPR 125cc
1 - EDUARDO BREDA
2 - ANSUEL PERACCHI
3 - DJONATAS CATARINA
4 - DIRCEU SANTOS
5 - TIAGO CUNHA BRONSKI

GPR 250
1 - HEBERT PEREIRA
2 - ERNANI MORAGINSKI
3 - FABIANO VAZ
4 - GABRIEL MATTES
5 - MAURICIO COLUSSI

250cc Old Challenge
1 - ERNANI MORAGINSKI
2 - MARCO ANTONIO M. BOFF

300cc
1 - RAFAEL PORTALUPPI
2 - ALLAN AGUIAR DE LIMA
3 - GUILHERME MICHELIN
4 - SAMUEL SANTAROSA
5 - DILSON DITO FERNANDES

Ninja 300 Old Challenge
1 - SERGIO MARTINS CORREA

300cc Feminina
1 - HELENCRIS DA SILVA

GP 1000
1 - ROBSON PORTALUPPI
2 - ALEX POWER
3 - ROGERIO GENTIL FERNANDES
4 - PAULO CESAR SILVA

GP 1000 Old Challenge
1 - ROGERIO GENTIL FERNANDES
2 - PAULO CESAR SILVA

GP Light
1 - ELDER CABREIRA
2 - MARIANO SPOLIER
3 - MARCOS BOEIRA PIA


GP Light Old Challenge
1 - ELDER CABREIRA
2 - MARCOS BOEIRA PIA

GP 600
1 - PEDRO DE MORAES SAMPAIO
2 - EDSON MEDEIROS ZANATTA
3 - TERCIUS ULISSES DALMASS


GP 600 Old Challenge
1 - EDSON MEDEIROS ZANATTA

Turismo 600
1 - LUIS HENRIQUE ZOTTIS
2 - JONAS CERON
3 - JULIANA DALMAS

Turismo 600 Feminina
1 - JULIANA DALMAS

Turismo 1000
1 - MARCELO DAHMER
2 - CARLOS EDUARDO DELUCHI
3 - ANSELMO PERINI
4 - VANDRIGO SEGABINAZZI

Equipe Rinaldi comemora títulos no Campeonato Brasileiro de Motocross

Fabiano Nestor campeão 230cc
Fabiano Nestor (Nacional 230cc) e Gabriel Andrigo (50cc B) conquistam as taças na final em Senador Canedo (GO); Kioman Munoz é vice da Júnior
Fonte: Mundo Press
O Campeonato Brasileiro de Motocross teve final de semana de festa em Senador Canedo (GO), palco da grande decisão. O forte calor não espantou o público, estimado em 25 mil pessoas, e as corridas deram show de técnica e emoção. O Team Rinaldi fechou a temporada com os títulos de Fabiano Nestor na Nacional 230cc e Gabriel Andrigo na 50cc B, sendo que outro destaque da equipe foi o vice-campeão da Júnior, Kioman Munoz – os três resultados foram confirmados neste sábado.

Nas brigas deste domingo, Dudu Lima foi o quinto na MX2 e encerrou a sua participação em terceiro lugar na tabela. Gustavo Pessoa (nono) e Rodrigo Lama (14º) também defenderam a equipe na categoria. Já na MX1, Marcello Lima “Ratinho” fechou o ano em sexto lugar. Maiara Basso foi a quarta colocada da MXF. A Rinaldi ainda marcou presença nos bastidores, com sessões de autógrafos com os pilotos e a simpatia das promotoras da marca.

A comemoração foi intensa entre os campeões do Team Rinaldi, ambos gaúchos. Fabiano Nestor levou para casa o seu primeiro título nacional, que havia escapado há dois anos. “Fui vice em 2011 e a emoção é grande, porque batalhei e sofri muito para chegar até aqui. A categoria Nacional 230cc valoriza a habilidade do piloto, já que as motos são parecidas em termos de preparação”, lembrou Nestor.
A caminho da 65cc, o jovem Gabriel Andrigo repetiu o feito de 2011, quando foi campeão da categoria de entrada. “Eu treinei muito, inclusive na academia, e estou muito feliz por ter conquistado novamente o título, agora na 50cc B. Dedico a taça a minha família, que sempre me apoiou muito. Agora vou correr na 65cc, que é ainda mais difícil, já que as motos têm marcha, e espero conseguir ganhar também”, explicou.

Kioman Munoz é outro jovem talento do Team Rinaldi, e que irá encarar novos desafios no esporte. “Vou lutar para fazer um ótimo trabalho na MX2, que será um enorme degrau a subir na minha carreira”, disse. Ele mora em Goiânia e contou com o apoio do público nas baterias de Senador Canedo, quando confirmou duas vezes o segundo lugar (uma das corridas foi válida pela sétima etapa). “É muito bom correr aqui e contar com o incentivo do público goiano”, concluiu.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Triumph lança mundialmente seu novo website

No Brasil será mantido o endereço já existente, porém com funcionalidade, interatividade e  agilidade.
Fonte: G6 comunicação
A Triumph Motorcycles lançou mundialmente seu novo website com a mesma plataforma para todas as suas subsidiárias, mantendo o mesmo endereço para o Brasil (www.triumphmotorcycles.com.br), mas ganhando um visual mais moderno e seguindo a nova identidade mundial da marca. “O novo site também ganhou novas funcionalidades que tornarão maior a interatividade com o público e mais ágil e fácil o acesso às informações sobre motocicletas, roupas, acessórios, eventos e concessionárias entre outras. Esta nova ferramenta estará disponível também para as plataformas Mobile com tecnologiasAndroid, IOS e WP, explica Fernando Filie, gerente de Marketing da Triumph Motorcycles Brazil.

Entre as novidades, vale destacar, por exemplo, o serviço “encontre uma concessionária”, que permite encontrar a revenda mais próxima de diferentes formas – pelo seu CEP, nome da concessionária ou até mesmo por meio de um mapa que será apresentado. Ao pesquisar sobre uma motocicleta, o cliente poderá configurar o modelo com as cores disponíveis e os acessórios originais Triumph. Além disso, automaticamente, as inclusões serão mostradas na tela, juntamente com seus respectivos preços. Se desejar, o visitante poderá comparar, simultaneamente, as características de até três modelos da marca. Também será possível, agora, agendar um test ride com a motocicleta da sua preferência na concessionária mais próxima.

Com relação aos acessórios, o site mostrará as opções disponíveis por modelo de motocicleta, sempre com seus preços, facilitando bastante para o cliente “montar” a moto da sua preferência. Também foi aprimorada a busca por roupas e acessórios pessoais. Agora, uma nova ferramenta permitirá ao internauta encontrar os itens que deseja de maneira mais rápida e direta. O cliente poderá, por exemplo, fazer a sua escolha escolhendo entre as categorias disponíveis (Adventure, Cruiser, Classic etc).

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Triumph de 250 cc deverá vir ao ao Brasil

Diretor da marca confirmou modelo cujo esboço foi exibido no salão. Novidades da linha Thunderbird também chegarão ao país.
Publicado no G1.com em 06/11/2013.
As versões da custom Thundebird são as principais atrações da inglesa Triumph no Salão de Milão 2013, que segue até o próximo domingo (10), na Itália. Commander e LT trazem novas características para a estradeira e vão chegar ao Brasil em meados de 2014, disse Paul Stroud, diretor mundial de vendas da Triumph, ao G1. O executivo também revelou que a inédita moto de 250 cc de cilindrada da marca, apresentada apenas como esboço no evento, também vai ser vendida no país.
“Ainda estamos avaliando se o modelo será montado no Brasil ou se vamos importar”, disse Stroud. A previsão é que a Triumph 250, que terá motor de 1 cilindro, seja apresentada mundialmente em 2014 e possivelmente comece a ser vendida no Brasil em 2015. “Estamos em processo de desenvolvimento, analisando as possibilidades”, completou o diretor.

Sem detalhes técnicos divulgados, a moto mostra características esportivas, com carenagens, como a Kawasaki Ninja 300 e a Honda CBR 300R. O desenho indica inspiração na esportiva Daytona 675.
Mantendo as características básicas, as novas motos se unem à Thunderbird tradicional e à Stomr. A LT ganhou contornos mais clássicos. Segundo a marca, o assento foi tolamente reprojetado e ganhou novo formato, com estofamento mais profundo em espuma e suporte lombar, mantendo, a altura. De série há ainda um par de alforjes removíveis em couro,
iluminação auxiliar e inéditos pneus radiais com parede na cor branca.
Na Commander, a espuma no assento teve espessura dobrada e com nova forma, ainda mantendo o assento baixo. Por isso foi preciso reprojetar o quadro, também para acomodar novos pneus, mais largos: o dianteiro com 17 polegadas e 140/75 e o traseiro com
17 polegadas e 200/50, descreve a Triumph.
Em ambas o motor segue o V2 de 1.700 cc que desenvolve 94 cavalos.

Thunderbird LT

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Harley-Davidson revela plataforma que vai inspirar a nova geração de motociclistas

Street™ 750 e Street™ 500
Motocicletas Street™ 750 e Street™ 500 trazem os novos motores de refrigeração líquida Revolution X™ e o estilo Dark Custom™, característico da marca.
Fonte: Printer Press
Após o sucesso do lançamento do projeto RUSHMORE, que revolucionou os modelos da Família Touring, a Harley-Davidson revela duas novas motocicletas da linha Dark Custom™, destinadas ao público jovem e de estilo urbano, apresentadas nesta segunda-feira, 4, e que estarão expostas na 71ª edição do Salão de Milão, na Itália, que ocorrerá entre 7 e 10 de novembro.
Os modelos Street™ 750 e Street™ 500, a primeira plataforma de motocicletas da Harley-Davidson em 14 anos, são voltados ao uso urbano. Os propulsores de refrigeração líquida Revolution X™ garantem agilidade e têm estilo e som característicos dos motores Harley-Davidson, famosos em todo o mundo.

“São as mais novas motocicletas Dark Custom™ da marca, linha que colocou a Harley-Davidson na liderança do segmento de adultos jovens nos Estados Unidos, nos últimos cinco anos”, afirma Matt Levatich, presidente da Harley-Davidson Motor Company. “Tanto a Street™ 750 como a Street™ 500 foram criadas a partir de inputs dados por esses consumidores em todo o mundo. As informações serviram de guia para a criação do conceito. Uma prova de que o foco no cliente continua sendo o objetivo em nosso processo de desenvolvimento de produto.”
As motocicletas Harley-Davidson Street™ 750 e Street™ 500 foram projetadas para o uso urbano. Os modelos são equipados com o motor Revolution X™, ideal para as exigências do trânsito intenso das grandes cidades, conferindo agilidade e respostas rápidas do acelerador.
O Revolution X™ está montado no novo e compacto chassi, com banco de perfil rebaixado, nova suspensão e guidão confortável, que fornece segurança e manobrabilidade ao realizar curvas fechadas e movimentos rápidos. As duas motocicletas Dark Custom™ possuem estilo premium e minimalista, ideal para os pilotos customizarem da maneira que preferirem.

“As novas motos são compactas, sem perder a robustez característica de nossa marca”, afirma Mark-Hans Richer, vice-presidente sênior de Marketing da Harley-Davidson Motor Company. “Elas foram desenhadas para tirar o máximo proveito do uso urbano, além de oferecer possibilidades de personalização.”
As Street™ 750 e Street™ 500 chegarão à rede de concessionárias em alguns mercados do mundo no ano que vem. “Para 2014, os modelos Street não fazem parte do portfólio que vamos comercializar no Brasil. Porém, ressaltamos que estamos sempre analisando o setor e os produtos que sejam interessantes para o País. Podemos afirmar que traremos qualquer motocicleta da marca que os consumidores demonstrarem interesse, e que seja viável para a Harley-Davidson do Brasil produzir”, afirma Longino Morawski, diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.
O vídeo da Harley-Davidson Street revelada em Milão, incluindo um raio-x detalhado dos modelos e uma seção de perguntas e respostas com Mark-Hans Richer, estarão disponíveis em http://www.youtube.com/HarleyDavidson

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

GP Gaúcho de Motovelocidade vive momentos decisivos em Guaporé

Categoria 250 cc no GP Gaúcho
Na reta final, campeonato realiza quarta e penúltima etapa nos dias 9 e 10 de novembro. Veja aqui programação da prova
Fonte: Mundo Press
O GP Gaúcho de Motovelocidade parte para a reta final da temporada 2013. O campeonato promete fortes emoções na quarta e penúltima etapa, marcada para os dias 9 e 10 de novembro no Autódromo Internacional de Guaporé (RS). O show para o público está garantido com disputas acirradas que envolvem motocicletas de 125 a 1000 cilindradas.
Entre as superbikes da GP 1000, apenas um ponto separa o líder Robson Portaluppi de Alex Quadros – eles possuem 69 e 68 pontos, respectivamente. Rogério Gentil Fernandes (58 pontos) e Fabiano Vargas Alegre (56) aparecem logo atrás. Elder Cabreira (70) lidera a GP Light, seguido por Marcos Boeira (56) e Eduardo Folle (46). Na GPR 250, Hebert Pereira soma 72 pontos na primeira colocação, com Ernani Moraginski (60) em segundo.

Djonatas Catarina busca o bicampeonato na GPR 125. O piloto está na ponta da tabela com 63 pontos, contra 58 de Tiago Bronski e 54 de Ansuel Peracchi. “No ano passado, fui campeão antecipado e agora há grandes chances de que a decisão fique para a etapa final. Espero conquistar o título, acredito nesse objetivo”, comentou Catarina.
A grande decisão do GP Gaúcho de Motovelocidade será nos dias 7 e 8 de dezembro em Santa Cruz do Sul (RS). “Estou com boas expectativas para a quarta etapa, sempre quero chegar na frente. Melhorei o acerto da moto e sempre andei bem em Guaporé, que foi onde comecei no esporte”, continuou o piloto de 29 anos, que pratica motovelocidade há cinco.

A situação ainda é indefinida nas outras classes, mas alguns pilotos conquistaram posições mais confortáveis no campeonato. Este é o caso dos invictos Rafael Bertagnolli (GP 600), Luis Henrique Zottis (Fórmula Turismo 600), Marcelo Dahmer (Fórmula Turismo 1000) e Rafael Portaluppi (GPR 300).
Os outros líderes do GP Gaúcho são: Rogério Gentil Fernandes (Old Challenge GP 1000), Elder Cabreira (Old Challenge GP Light), Ilaine Ceratti (Feminino GP 600), Juliana Dalmass (Feminino Turismo 600), Rafael Rosanelli (Old Challenge Turismo 1000), Sérgio Martins Correa (Old Challenge Ninja 300), Alessandro Jacobsen (Old Challenge GPR 300), Helencris da Silva (Feminino GPR 300), Ernani Moraginski (Old Challenge GPR 250) e Luis Antonio Araújo (Old Challenge GPR 125).

Programação – 4ª Etapa do GP Gaúcho de Motovelocidade
Local – Autódromo Internacional de Guaporé (RS)

Sábado - 9/11
Das 8h30 às 15h50 – Treinos livres
Das 16H às 17h55 – Treinos cronometrados

Domingo - 10/11
Das 9h10 às 10h45 – Warm-up
12h10 – Prova GPR 125 (11 voltas)
13h – Abertura oficial
13h30 – Prova GPR 250 e GPR 300 (11 voltas)
14h20 – Prova GP 1000 e GP Light (15 voltas)
15h10 – Prova GP 600 e Fórmula Turismo 600 (15 voltas)
16h – Prova Fórmula Turismo 1000 (11 voltas)

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Comunidade Spyder aproveita fim de semana em Brotas (SP)

Com direito a rafting no rio Jacaré Pepira, programação inclui diversas atrações a bordo do roadster da Can-Am
Fonte: Mundo Press
A Comunidade Spyder reservou este final de semana para muita diversão e contato com a natureza na cidade de Brotas, no interior paulista. As atrações já têm início na estrada a bordo do roadster da Can-Am, cuja principal proposta é oferecer uma experiência única durante as viagens no asfalto. A programação do Y-Ride inclui rafting no rio Jacaré Pepira.
A viagem até Brotas terá aproximadamente 240 quilômetros partindo do ponto de encontro na rodovia dos Bandeirantes, próximo à capital paulista. O grupo irá percorrer estradas bem conservadas, ideais para acelerar com segurança, incluindo ainda as rodovias Washington Luís e Engenheiro Paulo Nilo Romano.

Chegando em Brotas, os participantes aproveitarão hospedagem em hotel fazenda e as belezas naturais da região – famosa mundialmente pelo alto potencial em ecoturismo. A descida de rafting será o ponto alto da programação para os mais aventureiros, no sábado, quando irão curtir no bote inflável 10 quilômetros de percurso no rio, o que totaliza cerca de duas horas de muita adrenalina.

O passeio direcionado aos proprietários do roadster da Can-Am têm poucas vagas disponíveis, sendo que os interessados em participar devem entrar em contato com a equipe da Mayorga nos telefones (11) 5533-8952 e (11) 7721-7226 (com Priscila ou Karen).
A taxa de participação vale dois quilos de alimentos não perecíveis, os quais serão doados a entidades assistenciais. A organização exige uso dos equipamentos de segurança, sendo que todo passeio da Comunidade rende um carimbo no passaporte exclusivo dos proprietários Spyder.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Open Lake é sucesso absoluto em Avaré (SP)

Reinaldo Cangueiro
Com vitória de Umberto Brito, corrida para motos aquáticas reúne grande público e alto nível técnico na Marina Tahiti Toa Toa
Fonte: Mundo Press
O Open Lake foi sucesso absoluto neste domingo, na Marina Tahiti Toa Toa, em Avaré (SP). Marcada por grande público e alto nível técnico entre os pilotos, a corrida para motos aquáticas agitou as águas da represa de Jurumirim. Os vencedores da prova de 64 quilômetros foram Umberto Brito (GP Turbo), Helison Vianna (GP Aspirado), Reinaldo Cangueiro (GP Sênior) e Brunna Luz (GP Feminino).
“Foi a primeira edição do evento em água doce e atingimos um grande sucesso: a largada saiu perfeita, os pilotos eram de alto nível e o visual da Marina Tahiti Toa Toa estava maravilhoso. Foi um dia incrível e só tenho a agradecer e parabenizar todos os que ajudaram para que o evento acontecesse”, ressaltou disse Paulino Alvarez, o Kilha, organizador do Open Lake e presidente da Associação Nacional de Esportes e Moto Aquática (Anema). Em suas quatro edições anteriores, o evento foi batizado de Open Sea por ter como palco a praia do Guarujá (SP).
O prefeito de Avaré, Paulo Dias Novaes Filho, elogiou a iniciativa. “A cidade é uma Estância Turística e temos muito potencial para receber eventos desse porte. Vamos trabalhar para que outras provas náuticas sejam realizadas na represa”, comentou. Para a Sea-Doo, patrocinadora do Open Lake, os objetivos foram atingidos. “A sensação é de dever cumprido, o mercado é carente deste tipo de prova e ainda trabalhamos a nossa marca na região”, disse Adilson Greco Gaspar, do marketing da BRP, responsável pela Sea-Doo.

Além das máquinas na água, o público pôde conferir um show-room com os produtos da BRP, incluindo os quadriciclos e UTVs da Can-Am e o novíssimo Spark, lançamento entre as motos aquáticas da Sea-Doo. O espaço também contou com exposição dos veículos da Suzuki e dos helicópteros da Audi, que fizeram a cobertura aérea do Open Lake. Confira o que disseram os vencedores da corrida: