terça-feira, 19 de setembro de 2017

Bárbara Neves conquista primeiro título brasileiro de Enduro FIM

Bárbara Neves com o pai Rildo Gonzaga

Goiana do Rinaldi ASW Zanol Team é a nova campeã da categoria EFeminina na principal competição da modalidade no país

Fonte: Mundo Press
Foto: Marcelo CamposA goiana Bárbara Neves, de 17 anos, estreou da melhor forma no Campeonato Brasileiro de Enduro FIM: com o título da classe EFeminina. A façanha foi confirmada neste domingo (17) durante a etapa de Araxá (MG), válida como a grande final para as mulheres.

“Foram meses de treinamento e dedicação, é muito gratificante saber que valeu a pena. O título também é de todos os que estão sempre do meu lado”, disse a atleta. Ela representa a equipe Rinaldi ASW Zanol Team, ao lado de Vinícius da Silva “Musa” – que também fez bonito na corrida de Araxá ao vencer a EJr.

Para as categorias masculinas, a prova representou a sexta e penúltima etapa do calendário do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. Os irmãos Rigor Rico e Ripi Galileu, da Sherco Brasil, foram ao pódio da E3 (2º e 3º lugares, respectivamente). Ronald Santi foi o quarto mais rápido da E2.

Os pilotos do Team Rinaldi utilizaram os pneus SR39, HE40 e SH31 no desafio. O evento conta com o patrocínio da Rinaldi, sendo que a decisão está marcada para os dias 14 e 15 de outubro em Farroupilha

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Dicas importantes para iniciantes no quadriciclo

Tiago Perucci

Cinco dicas importantes para quem quer começar a andar de quadriciclo.

Fonte: Engenharia de Comunicação
A montadora MXF Motors do Brasil, além de montar motos off Road, fabrica uma linha completa de quadriciclos. Sendo especialista no assunto, Tiago Perucci, responsável pela oficina, separou 5 dicas importantes para quem quer começar a andar de quadriciclo. “Não é de um dia para o outro que você vai dominar seu quadriciclo, por isso, é necessário aprender algumas técnicas básicas para melhorar sua condução”, conta Tiago.

Confira as dicas:
1. Analise seu quadriciclo: Antes de qualquer coisa, é importante conhecer o equipamento que tem. Você não deve sequer ligar o quadriciclo antes de ler todo o manual de instruções. Dessa forma, será possível conhecer cada função do equipamento, as medidas de seguranças e os benefícios do mesmo, além de entender todo o funcionamento dele.

2. Conheça o lugar em que irá praticar: Antes de se jogar na aventura como em trilhas e caminhos mais árduos, prefira começar com lugares seguros onde você pode treinar com tranqüilidade. Evite estradas asfaltadas, pois estas aumentam em 40% a probabilidade de capotar.

3. Tenha cuidado com as curvas: a forma de conduzir um quadriciclo é totalmente diferente de outros veículos existentes, sendo assim, tenha calma e muita cautela na hora de fazer uma curva: diminua a velocidade até sentir total segurança. Após ter mais experiência na condução do quadriciclo, você pode fazer uma curva com mais velocidade combinando a aceleração do veículo com o peso do seu corpo e uma boa postura. Porém, para quem está começando a melhor opção é ir devagar!

4. Descidas: antes de descer um morro alto ou qualquer descida grande teste os freios e tome muito cuidado para não descer rápido demais, pois se freiar repentinamente você corre o risco de rodar o quadriciclo e acabar chocando-se em alguma árvore.

5. Não se esqueça dos equipamentos de proteção: andar de quadriciclo pode ser divertido, mas não deixa de ter riscos, pois não possui nenhum revestimento interno. Então, para sua segurança, utilize equipamentos de proteção.

Enduro da Independência resgata “trilhas da fé” na 35ª edição



Janaina Souza

Entre Aparecida (SP) e Lavras (MG), evento patrocinado pela Rinaldi inclui 700 quilômetros e quatro dias de desafios; Largada será nesta quarta-feira (6)

Fonte: Mundo Press
O Enduro da Independência comemora 35 anos nas “trilhas da fé”, de Aparecida (SP) a Lavras (MG). Patrocinado pela Rinaldi, o evento de enduro de regularidade para motocicletas começa nesta quarta-feira (6) e inclui 700 quilômetros de desafios. O roteiro é formado por quatro dias de disputas com pernoites nas cidades mineiras de Itajubá e Três Corações.

Pilotos de 20 Estados brasileiros já estão concentrados no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, base para a largada. O acesso é livre ao público, que nesta terça-feira (5) ainda poderá receber brindes exclusivos da Rinaldi distribuídos pelas promotoras da marca.

Em todos os dias de prova, a equipe da Zanol Parts garantirá suporte completo dos pneus Rinaldi aos competidores. “Estaremos lá para o que precisarem. Levaremos pneus dos modelos SR39, HE40 e RMX35, todos da linha off-road da Rinaldi”, disse o multicampeão e grande incentivador do esporte fora de estrada Felipe Zanol.

Às margens do Rio Paraíba do Sul, onde em 1717 três pescadores encontraram a imagem de Nossa Senhora Aparecida que motivou a famosa história de fé, a cidade de Aparecida é o ponto de partida para o Enduro da Independência. A aventura desbrava a imponente Serra da Mantiqueira e tem percurso em linha até Lavras.

Nas trilhas, o Team Rinaldi será representado pelos pilotos mineiros Rigor Rico e Ripi Galileu. Os irmãos, que fazem parte da elite do Enduro FIM, confirmaram presença na categoria Duplas Graduadas. “O Enduro da Independência é uma prova muito legal, competimos em 2015 e fomos vice-campeões da classe”, lembrou Rico.

“A nossa maior dificuldade é a navegação, mas acredito que vamos nos concentrar e evoluir durante a prova. Temos a vantagem da prática do Enduro FIM, que é pilotar nas trilhas, e o preparo físico está em dia. Isso pode ser um ponto positivo para buscarmos o título”, concluiu o piloto.

“Bombadinho” nos bastidores – Bicampeão brasileiro de Enduro de Regularidade, Emerson Loth “Bombadinho” não irá competir no Enduro da Independência. O piloto do Team Rinaldi era um dos fortes concorrentes ao título da categoria Master, mas fraturou a clavícula há um mês e está em recuperação.
“Foi uma pena. Tive de tomar essa decisão para não comprometer o restante da temporada”, comentou Bombadinho, atual líder do campeonato nacional da modalidade. Mesmo assim, ele não ficará totalmente fora do Enduro da Independência. “Vou participar do evento em uma equipe de apoio pela primeira vez. Vai ser uma forma diferente de acompanhar ao lado dos amigos”, concluiu.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Evento inédito reúne gastronomia, as melhores motos do Brasil e muito lazer

Sete Montadoras de motos Premium participam desse evento

Um evento diferenciado no qual o público poderá passar um final de semana divertido e original, pilotando as melhores motocicletas vendidas no Brasil atualmente, desfrutando de uma gastronomia sofisticada, participando de palestras sobre pilotagem segura de motos e harmonização de vinhos, assistindo um desfile de moda especialmente voltado para motociclistas e uma gama incrível de opções de esporte e lazer para toda a família. Esta é a proposta do concurso “Moto Premium Brasil 2017”, em sua primeira edição, que será realizado entre os dias 6 e 8 de outubro no sofisticado Hotel Villa Rossa, em São Roque (SP).

Os participantes deste final de semana super especial terão como principal desafio testar as 40 melhores motocicletas premium do Brasil, fabricadas pelas marcas BMW, Ducati, Harley-Davidson, Indian, Honda, Royal Enfield, Triumph e Yamaha, num circuito planejado para esta atividade com total segurança. Os participantes serão os jurados desta primeira edição do concurso “Moto Premium Brasil” e, em cada modelo, vão avaliar diversos quesitos, como desempenho, design, dirigibilidade, frenagem e estabilidade, entre outros. A partir das notas fornecidas por estes jurados, serão eleitas as melhores motos do Brasil em nove categorias.

“Este será o primeiro prêmio de motocicletas realizado no Brasil no qual o consumidor final, juntamente com alguns jornalistas especializados e convidados, elegerá as melhores motos em cada categoria após testá-las num mesmo dia e nas mesmas condições. Será uma oportunidade rara para este consumidor comparar cada marca e cada modelo”, explica Zoraida Lobato, diretora da Market Press Editora, empresa organizadora do concurso e também responsável pela edição da revista especializada Moto Premium.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Rigor Rico defende liderança no Brasileiro de Hard Enduro

Piloto do Team Rinaldi está confirmado na terceira etapa, marcada para este fim de semana (26 e 27) em Socorro-SP

Fonte: Mundo Press
Foto: Café Fotos

O mineiro Rigor Rico defende a liderança entre as motocicletas da categoria Gold no Campeonato Brasileiro de Hard Enduro. A terceira etapa está marcada para este fim de semana (26 e 27) em Socorro-SP. O Team Rinaldi também acelera com os pilotos mineiros Ripi Galileu e Ronald Santi, em terceiro lugar nas categorias Gold e Silver, respectivamente.

Novidade no calendário nacional, o Brasileiro de Hard Enduro promete testar pilotos e motocicletas em obstáculos desafiadores. “As expectativas são muito boas, estou gostando bastante de praticar a modalidade. Venho de uma boa sequência de treinos e sinto que estou preparado”, comentou Rico. “Vou utilizar os pneus Rinaldi HE40 e SR Hard Enduro, que traz um composto macio e foi feito especialmente para o esporte”, concluiu Rico.

A prova terá como palco as trilhas do Vale do Oratório, localizadas em região montanhosa. No primeiro dia de disputas, a largada será em estilo Le Mans e o percurso terá 8,5 quilômetros de trilhas, subidas e trechos de mata no alto da serra. A classificação valerá como ordem de largada para o segundo dia, cujo roteiro traz 25km de trilhas que exigirão ainda mais resistência física e muita técnica. A chegada em uma área de extração de cascalho abandonada promete encerrar em as disputas em grande estilo.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Rally dos Sertões – Can-Am Maverick X3 abre disputa nas seis primeiras posições


 Em dia de desafios extremos, veículo da marca canadense é o grande destaque da categoria para UTVs; Etapa Maratona será nesta segunda-feira (21)


Fonte: Mundo Press
O 25º Rally dos Sertões teve início com grau máximo de dificuldade neste domingo (20). Atual tetracampeã dos UTVs, a Can-Am saiu na frente e dominou as seis primeiras posições da categoria com os veículos Maverick X3. O piloto Deni do Nascimento e o navegador Emilio Rockenbach venceram, seguidos por Enrico Amarante e Fábio Pedroso, de acordo com os resultados extra-oficiais. A etapa de abertura foi realizada entre Goiânia e Goianésia, Goiás, e somou 680 quilômetros – 306 deles de trechos cronometrados (especiais).

O trajeto foi marcado por terreno acidentado, estradas de alta e de médias velocidades, travessias de rios e muita pedra. Dos 34 UTVs inscritos, 26 completaram o roteiro, como o goiano Amarante. “O dia foi bom para acelerar e o Maverick X3 esteve fantástico, chegou inteiro no final”, avaliou o piloto. Atual campeão nacional, ele ainda somou pontos importantes para a disputa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, já que o Sertões é válido pelas quatro etapas finais do calendário.

Os competidores precisaram de muita garra para terminar o dia, principalmente os que tiveram problemas pelo caminho. Após uma hora e meia parados por conta de uma roda importada dos Estados Unidos, Rodrigo Varela e Idali Bosse ficaram na 21ª posição. “Foi o resultado de um parafuso solto no meio da especial. Perdemos muito tempo, apesar de termos tido ótimos momentos no dia por conta do desempenho do Maverick X3, sempre rápido, forte e com ótimo conjunto”, garantiu Varela.

Nesta segunda-feira (21), a segunda etapa do Rally dos Sertões está sendo disputada em formato Maratona, o qual não permite apoio mecânico externo no final do dia. O percurso terá destino a Santa Terezinha de Goiás-GO, com 326 quilômetros (248 de especiais). O maior rali do país também inclui categorias para quadriciclos, motocicletas e carros. A chegada está marcada para o dia 26 de agosto em Bonito (MS).

Resultados (extra-oficiais) - 25º Rally dos Sertões
UTVs – 1ª Etapa
1° - Deni do Nascimento/Emilio Rockenbach - 4:42:28.87 – Can-Am Maverick X3
2° - Enrico Almeida/Fabio Pedroso - 4:48:44.89 – Can-Am Maverick X3
3° - Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira - 4:49:18.22 – Can-Am Maverick X3
4° - Edu Piano/Solon Mendes - 4:52:41.94 – Can-Am Maverick X3
5° - Bruno Varela/João Arena - 4:55:50.30 – Can-Am Maverick X3
6° - Lucas Barroso/Breno Rezende - 4:56:37.06 – Can-Am Maverick X3
7° - Henrique Gutierrez/Andre Lucas Munhoz - 5:02:26.44
8° - Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama - 5:02:40.98 – Can-Am Maverick X3
9° - Ismar Júnior/Andre Galvão de Sá - 5:08:45.22 – Can-Am Maverick X3
10° - Euclides Júnior/Marcos Panstein - 5:15:52.24 – Can-Am Maverick X3

Programação* – 25º Rally dos Sertões
2ª Etapa – 21/8 (Segunda-feira)
Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO) – ETAPA MARATONA
DI (Deslocamento inicial) – 78 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 248 km
DF (Deslocamento final) – 0 km
Total do dia: 326 km

3ª Etapa – 22/8 (Terça-feira)
Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)
DI – 0 km
TE – 297,06km
DF – 9 km
Total do dia: 306,06 km

4ª Etapa – 23/8 (Quarta-feira)
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
DI – 102,4 km
TE – 273,20 km
DF – 95,68 km
Total do dia: 471,28 km

5ª Etapa – 24/8 (Quinta-feira)
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
DI – 13,85 km
TE – 438,86 km
DF – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km

6ª Etapa – 25/8 (Sexta-feira)
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
DI – 59,82 km
TE – 194,91 km
DF – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

7ª Etapa – 26/8 (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI – 128,62 km
TE – 240,45 km
DF – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3.300,06 km
Total de trechos cronometrados (especiais): 1.999,52 km

domingo, 20 de agosto de 2017

Rally dos Sertões – Ricardo Martins completa etapa inicial em 4º lugar

Após 680 km entre Goiânia e Goianésia (GO), catarinense do Yamaha Rinaldi Rally Team está no grupo de elite das motos; Segunda etapa será Maratona

Fonte: Mundo Press
Ricardo Martins abriu o Rally dos Sertões 2017 na quarta colocação das motocicletas neste domingo (20), de acordo com os resultados extra-oficiais. O piloto catarinense do Yamaha Rinaldi Rally Team superou dificuldades e completou 680 quilômetros de percurso entre
Goiânia e Goianésia, em Goiás, incluindo 151 km de trechos cronometrados (especiais).

Apontada pelos organizadores como uma das mais difíceis da 25ª edição, a etapa de abertura apresentou vários tipos de terreno. Teve muita pedra, trial, travessias de oito rios e pontos de altas e médias velocidades. ‘Conforme o esperado, foi um dia longo e duro”, contou Martins, que utiliza os pneus Rinaldi HE42, desenvolvido especialmente para os praticantes da modalidade.
“Larguei em terceiro lugar e consegui ultrapassar o Zé Hélio. Estava em um bom ritmo, brigando pela liderança com o Gregório Caselani, quando tive um problema no suporte do road book. Por conta das pedras, a peça não resistiu e quebrou. Tive que cuidar dos equipamentos de navegação por mais de 180km, o que tomou bastante tempo, já que tinha que parar toda hora para amarrar”, relatou.

“Fiz o melhor que pude para fechar o dia entre os ponteiros e tem muito rally ainda pela frente. Vamos à luta”, acrescentou Martins. Nesta segunda-feira (21), o maior rally do país promete mais emoções com a etapa no formato Maratona, no qual apenas os competidores podem realizar manutenção nas motocicletas, sem contar com ajuda da equipe de apoio no final do dia.

A segunda etapa terá mata-burros, depressões, lombadas em zonas rurais, estradas sinuosas e bastante exigência na navegação. De Goianésia, os pilotos partem para Santa Terezinha de Goiás (GO) com 326 km de trajeto (248 de especiais).

“A estratégia para a Maratona é conseguir um bom ritmo e fazer uma prova limpa, para chegar 100% ao final do dia. Espero já ter tido na etapa de abertura a minha cota de problemas no Rally do Sertões”, finalizou o catarinense, com bom humor.

A chegada do Rally dos Sertões está marcada para o próximo dia 26 em Bonito (MS), sendo que o percurso total da prova é de 3300 quilômetros. As especiais somam 1999 km. O evento ainda reúne carros, quadriciclos e UTVs.

Resultados Motos – 1ª etapa (extra-oficiais)
1° - Gregório Caselani - 4:36:15.81
2° - Júlio Zavatti (Bissinho) - 4:54:28.52
3° - Zé Hélio Rodrigues - 4:56:00.61
4° - Ricardo Martins - 4:56:09.53 - Yamaha Rinaldi Rally Team
5° - Marco Pereira - 4:58:09.41

Programação* – 25º Rally dos Sertões
2ª Etapa – 21/8 (Segunda-feira)
Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO) – ETAPA MARATONA
DI (Deslocamento inicial) – 78 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 248 km
DF (Deslocamento final) – 0 km
Total do dia: 326 km

3ª Etapa – 22/8 (Terça-feira)
Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)
DI – 0 km
TE – 297,06km
DF – 9 km
Total do dia: 306,06 km

4ª Etapa – 23/8 (Quarta-feira)
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
DI – 102,4 km
TE – 273,20 km
DF – 95,68 km
Total do dia: 471,28 km

5ª Etapa – 24/8 (Quinta-feira)
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
DI – 13,85 km
TE – 438,86 km
DF – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km

6ª Etapa – 25/8 (Sexta-feira)
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
DI – 59,82 km
TE – 194,91 km
DF – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

7ª Etapa – 26/8 (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI – 128,62 km
TE – 240,45 km
DF – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3300,06 km
Total de trechos cronometrados (especiais): 1999,52 km