terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Aberta seleção de pilotos da MXF Motors e Gaia MX

A MXF Motors e Gaia MX estão selecionando pilotos de todo o Brasil para fazerem parte das equipes oficiais das marcas no ano de 2018. As inscrições seguem até dia 31 de janeiro e o resultado será divulgado no dia 19/02.

Boa notícia para os apaixonados pelo esporte off road. A Gaia MX, marca de óculos off road, juntamente com a montadora MXF Motors do Brasil, estarão selecionando novos pilotos para renovar suas equipes em 2018.
Há oportunidades para adultos, jovens e crianças. As inscrições para a seleção já estão abertas e vão até 31 de janeiro de 2018. O cadastro é simples: basta acessar o link: http://pilotos.gaiamx.com.br e seguir as instruções.

O resultado será divulgado dia 19 fevereiro de 2018 nas redes sociais das respectivas marcas.
A MXF Motors do Brasil contou em 2017 com dois pilotos em seu time: o carioca Wemerson Vitor (Enduro FIM) e o piloto mirim Luiz Afonso, paulista de apenas 6 anos.

Já o Time Gaia MX contou com 14 pilotos em várias modalidades: Jean Ramos (Motocross e Supercross); Caio Lopes (Motocross); Pedro Neto (Motocross e Supercross); Ricardo Tedeschi (Motocross); Tatá Melo (FreeStyle); Wemerson Vitor (Enduro); Bruno Baeta (Downhill); Bruno Borher (Downhill); Luciano Wanderley (UTV); Marcely (Motocross e Supercross), Lays Cazadini (Motocross e Supercross), Gabriel Mielke (Velocross e Motocross), Janaína (Enduro) e Lucas Dunkan (Motocross).

sábado, 23 de dezembro de 2017

Team Rinaldi faz balanço positivo da temporada no motociclismo off-road

Maiara Basso

Equipe oficial da fábrica gaúcha de pneus conquistou 23 títulos e marcou presença no pódio das principais competições do calendário nacional

A temporada 2018 é motivo de muita comemoração para o Team Rinaldi. Os pilotos da equipe oficial da fábrica gaúcha conquistaram 23 títulos e marcaram presença no pódio das principais competições do calendário nacional do motociclismo off-road. O time mostrou na prática a qualidade dos pneus Rinaldi, prontos para qualquer tipo de terreno e desafio.
No Motocross, modalidade responsável por sete títulos em 2018, o Team Rinaldi colheu resultados pelos investimentos feitos nos novos talentos e nas mulheres. Maiara Basso conquistou o tricampeonato brasileiro na classe MXF, enquanto Rafael Becker provou que é a grande promessa do esporte. Ele foi tricampeão nacional, desta vez pela classe 65cc, depois de ganhar a 50cc nos últimos dois anos.

Bárbara Neves foi destaque no Enduro FIM, com o título brasileiro da classe EFeminina logo em sua temporada de estreia. Os mineiros Ripi Galileu e Ronald Santi escreveram seus nomes na história do Hard Enduro ao vencer a primeira edição do Campeonato Brasileiro da modalidade, pelas classes Ouro e Prata, respectivamente.

O Team Rinaldi também voou baixo no Velocross, com oito títulos conquistados pelos irmãos Maiara e Lucas Basso. No Enduro de Regularidade, Emerson Loth “Bombadinho” teve 100% de aproveitamento, incluindo o título da classe Master no Campeonato Brasileiro da modalidade. Confira as principais conquistas do Team Rinaldi na temporada 2018:

MOTOCROSS
CAMPEONATO BRASILEIRO DE MOTOCROSS
Maiara e Rafael

Classe 65cc
1 – Rafael Becker Classe
Classe ​MXF
1 – Maiara Basso
Classe MXJr
5 – Gabriel Andrigo
Classe MX2Jr
4 – Renan Goto “Japinha”
Classe MX2
5 – João Pedro Ribeiro

ARENA CROSS
Classe 50cc
1 – Rafael Becker

CAMPEONATO CATARINENSE DE MOTOCROSS

Classe 65cc
1 – Rafael Becker Classe
Classe ​MXJr
1 – Gabriel Andrigo
Classe Intermediária MX2
2 – Gabriel Andrigo

CAMPEONATO GAÚCHO DE MOTOCROSS
Classe MX Pró
1 – Mateus Basso
5 – Lucas Basso
Classe MX3
1 – Maiara Basso
Classe Intermediária MX2
2 – Maiara Basso
Classe MX2
3 – Mateus Basso
5 – Lucas Basso

ENDURO
CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURO FIM

Classe EFeminina
1 – Bárbara Neves Classe
Classe ​EJr
2 – Vinícius Luis Lopes “Musa”
Classe E2
4 – Ronald Santi
Classe E3
3 – Rigor Rico
5 – Ripi Galileu
Classe E4
3 – Bruno Martins
Classificação geral
5 – Vinícius Luis Lopes “Musa”

COPA EFX
Classe E4
1 – Bruno Martins

CAMPEONATO BRASILEIRO DE HARD ENDURO
Classe Ouro
1 - Rigor Rico
2 – Ripi Galileu
Classe Prata
1 – Ronald Santi

ENDURO DE REGULARIDADE
CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURO DE REGULARIDADE
Classe Master
1 – Emerson Loth “Bombadinho” 

CAMPEONATO SUL-BRASILEIRO DE ENDURO DE REGULARIDADE
Classe Master
1 – Emerson Loth “Bombadinho”

CAMPEONATO PARANAENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE
Classe Master
1 – Emerson Loth “Bombadinho”
VELOCROSS

CAMPEONATO BRASILEIRO DE VELOCROSS
Classe VXF
1 – Maiara Basso

CAMPEONATO GAÚCHO DE VELOCROSS
Classe VX Pró
1 – Lucas Basso
4 – Mateus Basso
Classe VX2
1 – Lucas Basso
3 – Mateus Basso
Classe VXF Importada
1 – Maiara Basso

CAMPEONATO SUL-BRASILEIRO DE VELOCROSS
Classe VX2
1 – Lucas Basso
Classe VXF
1 – Maiara Basso

COPA NORTE DE VELOCROSS
Classe VX Pró
1 – Lucas Basso Classe
Classe ​VX2
1 – Lucas Basso

CROSS COUNTRY
CAMPEONATO GOIANO DE CROSS COUNTRY
Classe Feminina
1 – Bárbara Neves

RALLY
CAMPEONATO BRASILEIRO DE RALLY CROSS COUNTRY
Classe Super Production
3 – Ricardo Martins

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Jeri Adventure Ride abre reservas para o calendário 2018

Passeio off-road é oportunidade imperdível de aproveitar as belezas de Jericoacoara (CE) com infraestrutura de ponta e motocicletas KTM

Quem quiser curtir as belezas de Jericoacoara (CE) a bordo das motocicletas KTM deve acelerar. As reservas para o calendário 2018 do Jeri Adventure Ride já estão abertas, com toda infraestrutura e conforto necessários para aproveitar o que há de melhor em um passeio off-road.

Os pacotes oferecem cinco dias de aventura, incluindo traslado de ida e volta para Fortaleza (CE), motos em perfeitas condições, hospedagem, alimentação, equipamentos IMS e seguro-viagem completo e exclusivo da Affinity Seguros. “Para o Jeri Adventure Ride, 2018 já começou. Os passeios prometem surpreender os participantes”, antecipou Nielsen Bueno.

Ele é um dos responsáveis pela organização do Jeri Adventure Ride, ao lado do guia especializado em ecoturismo com motos Jorge Mattar, o Joca, do competidor de quadriciclo Ernesto Jun Watashi e do entusiasta de esportes a motor Domingos Justo. “Jericoacoara é a escolha perfeita para sentir o prazer de andar de moto em paisagens únicas, entre pontos turísticos e locais inóspitos”, continuou.

Em seis meses de atividades, o passeio off-road é sucesso de público e de crítica. “As impressões dos clientes mostram que atingimos os nossos objetivos. As belezas da região e toda a atmosfera do passeio tornam a experiência no Jeri Adventure Ride simplesmente inesquecível”, concluiu Bueno.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Pneu Rinaldi Load Star é novidade para triciclos derivados de motocicletas

Com a medida 4.50-12 LS 46, lançamento da fábrica gaúcha garante qualidade e economia no transporte de cargas

 O pneu Rinaldi Load Star chega ao mercado para atender os usuários de triciclos derivados de motocicletas. Com a medida 4.50-12 LS 46, o lançamento da fábrica gaúcha é perfeito para garantir a versatilidade necessária no transporte de cargas cada vez mais utilizado no país. E sem deixar a economia de lado.

“A Rinaldi está atenta às necessidades do mercado, que antes dispunha apenas de pneus importados para essa finalidade”, explicou Sérgio De Paris, gerente comercial da marca. “O Rinaldi Load Star oferece qualidade e durabilidade para o uso diário do triciclo derivado de motos, com ótima relação entre custo e benefício. O veículo tem sido bastante utilizado por conta da versatilidade e do baixo custo no transporte de bens de pequeno volume”, continuou.

Para chegar no modelo ideal, a equipe de profissionais da fábrica trabalhou em todos os detalhes – como mostra Sílvio Grecco, gerente de tecnologia da Rinaldi. “Foi um processo de desenvolvimento complexo, já que o pneu é bastante específico. Depois de muito estudo, chegamos em um produto que atende o triciclo derivado da motocicleta, mas que suporta o transporte de cargas sem perder rendimento”, explicou.

“O Rinaldi Load Star é um pneu robusto, durável e econômico. Resiste muito bem às ruas e estradas do Brasil. A ótima relação entre custo e benefício fica clara por conta do alto rendimento quilométrico e da mínima necessidade de manutenção. É um pneu tube type (com câmara), fácil de montar no aro e com um ótimo aspecto visual”, concluiu Grecco

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Polo de Moto de Manaus espera crescimento de 5% em 2018

Segundo a ABRACICLO, as empresas fabricaram 83.106 unidades em novembro. Scooter foi o segmento que mais se destacou, batendo record histórico de vendas.

As montadoras de motocicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) comemoram o avanço no volume de produção em novembro. Dados da ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, mostram que foram fabricadas 83.106 motos no mês, alta de 5,6% na comparação com outubro (78.670) e de 18,2% na confrontação com o mesmo mês do ano passado (70.320).

Apenas o desempenho do acumulado ainda apresenta pequena queda. Nos onze meses de 2017 saíram das linhas de produção 813.868 motos, recuo de 4,8% sobre o mesmo período de 2016 (854.839).

Contudo, os números dos últimos dois meses contribuem para que estas empresas fechem o ano com leve aumento nos volumes de produção, devendo alcançar o patamar de 890 mil – similar ao de 2016. E este cenário faz com a que as projeções para 2018 sejam de crescimento. De acordo com informações da entidade, a tendência para o próximo ano é de retomada, com aumento de 5,1% no volume de produção.

“Este cenário confirma que teremos pela frente um ano com resultados mais positivos e o início da retomada da indústria de motocicletas”, diz Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Dados da Abraciclo mostram também que houve um recorde histórico de vendas de Scooters em 2017. Com 53.284 unidades vendidas até novembro, o nicho supera os números de 2014: 42.491 unidades, que era o maior volume desde então. A expectativa é que este segmento feche este ano com 58.600 unidades, o que significa alta de 57,1% na comparação com o ano passado (37.293).

“O segmento de Scooters é um dos que mais crescem e superou até o de alta cilindrada que havia sido destaque nos últimos anos”, comenta Marcos Fermanian.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Rally Dakar – Reinaldo Varela faz “treino de luxo” com o UTV Can-Am Maverick X3

Reinaldo Varela

Ao lado do navegador Gustavo Gugelmin, piloto participa do Rally dos Amigos neste sábado (9), em Avaré-SP

Fonte: Mundo Press
Fotos: Divulgação/ Divino Fogão
O paulista Reinaldo Varela vive a expectativa de representar o Brasil na categoria UTVs do 40º Rally Dakar, entre os dias 6 e 20 de janeiro pelas trilhas do Peru, Bolívia e Argentina. O piloto encara o desafio mais difícil do calendário 2018 com o veículo Can-Am Maverick X3, ao lado do navegador catarinense Gustavo Gugelmin. Para pegar o ritmo da categoria, a dupla faz “treino de luxo” neste sábado (9) no Rally dos Amigos, em Avaré (SP), válido como a final do Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

“O objetivo principal é sentir o ritmo do Can-Am Maverick X3, que é a grande referência da categoria para UTVs no cenário off-road mundial”, explicou Varela. Ele irá utilizar a mesma configuração 2018 do UTV que está sendo preparado em Portugal para a disputa do Rally Dakar, o qual traz 172 HP de potência.

Em mais de 360 provas disputadas, Varela possui dois títulos mundiais da modalidade entre os carros da classe T2, além de duas taças na categoria Carros do Rally dos Sertões. No Rally Dakar, soma seis participações – a última delas em 2013, quando foi o primeiro brasileiro a completar a prova sozinho a bordo de um UTV, o Can-Am Commander.

“Vamos aproveitar o tradicional Rally dos Amigos para treinar a tocada necessária para tirar todo o potencial do Can-Am Maverick X3. Desta vez eu terei o suporte do navegador Gustavo Gugelmin no Rally Dakar, o que me deixa ainda mais confiante. As expectativas são ótimas e o principal objetivo, sem dúvidas, é brigar pelo título do Dakar”, concluiu.

Títulos garantidos – Os pilotos Can-Am garantiram títulos de forma antecipada na temporada 2017 do Campeonato Brasileiro de Rally Baja. Filhos de Reinaldo Varela, Bruno e Rodrigo foram campeão e vice, respectivamente, na classificação geral dos UTVs. Eles ainda emplacaram dobradinha na categoria UTV Pró com o Can-Am Maverick X3.

O veículo também dita ritmo na classe UTV Turbo Production, na qual o líder Vinícius Gomes da Silva está de olho no primeiro título nacional da carreira. “A minha estratégia será a mesma de toda a temporada: acelerar forte. O Can-Am Maverick X3 é fantástico, nunca me deixou na mão e proporciona ótima dirigibilidade. As expectativas são muito boas”, afirmou.

No Rally dos Amigos, o grid dos UTVs terá outros nomes de peso. Estão confirmados os pilotos Gabriel Varela, Edu Piano, Valdir do Amaral, Daniel Mahseredjian, Wilker Campos e Guilherme Cysne (equipe GP Powersports), todos a bordo do Can-Am Maverick X3.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Waze lança recurso para motos em seu aplicativo

Modo para motocicletas promete melhorar estimativa tempo de deslocamento e encontrar vias para motos. Comandos podem ser feitos por voz.

Publicado no portal G1 em 30/11/2017
O Waze anunciou um novo recurso destinado aos motociclistas. Disponível na versão mais recente do aplicativo, inclusive no Brasil, o serviço promete melhorar a estimativa de tempo de deslocamento baseada em informações dos usuários de motos conectados.

Além disso, também vai indicar caminhos por vias que somente motos passam, como locais estreitos que não são apropriados para veículos maiores.

A empresa ressalta que os comandos podem ser feitos por voz para que o motociclista não precise tirar as mãos do guidão.